Novo álbum de André Diniz será lançado em coleção da Levoir, em Portugal

Por Sidney Gusman
Data: 6 julho, 2017

O brasileiro André Diniz terá o seu próximo (e aguardado) trabalho publicado inicialmente em Portugal, país onde vive hoje. Trata-se da adaptação para os quadrinhos do clássico livro O idiota, do russo Fiodor Dostoievski, que será lançada pela Editora Levoir, em parceria com o jornal Público, dentro da coleção Novela Gráfica. A obra sairá também no Brasil, pela Quadrinhos na Cia., ainda sem data definida.

Em Portugal, é comum coleções de quadrinhos serem vendidas em parcerias com jornais. No final de junho, a Levoir iniciou a terceira etapa da Novela Gráfica – pela qual, em 2015, publicou outro álbum brasileiro: Bando de Dois, de Danilo Beyruth.

Serão 15 álbuns (alguns coloridos e outros em preto e branco), com o número de páginas variando entre 104 e 424 e custando 9,99 € cada volume. O leitor os adquire ao comprar também o jornal Público.

Confira abaixo as obras que comporão a coleção, os detalhes de cada uma delas e a data de chegada aos quiosques, como são chamadas as bancas em Portugal.

  • Ronin (formato 17 x 25,7 cm, 312 páginas coloridas) de Frank Miller – 30 de junho;
  • Traço de giz (formato 19,5 x 26,5 cm, 112 páginas coloridas), de Miguelanxo Prado, com páginas inéditas – 7 de julho;
  • Os ignorantes (formato19,5 x 26,5 cm, 280 páginas em preto e branco), de Etienne Davodeau – 14 de julho;
  • Batman – Uma história verdadeira (formato 19,2 x 27,8 cm, 136 páginas coloridas), de Paul Dini e Eduardo Risso – 21 de julho;
  • Polina (formato 19,2 x 27,8 cm, 224 páginas em preto e branco), de Bastien Vivès – 28 de julho;
  • K.O. em Telavive (formato 19,2 x 27,8 cm, 208 páginas coloridas), de Asaf Hanuka – 4 de agosto;
  • Dylan Dog – Mater Morbi (formato 17 x 25,7 cm, 144 páginas em preto e branco), de Roberto Recchioni e Massimo Carnevale – 11 de agosto;
  • Vapor (formato 17 x 24 cm, 120 páginas em preto e branco), de Max – 18 de agosto;
  • Livros da Magia (formato 17 x 25,7 cm, 208 páginas coloridas), de Neil Gaiman, John Bolton, Scott Hampton, Charles Vess e Paul Johnson – 25 de agosto;
  • Histórias do bairro (formato 17 x 24 cm, 320 páginas em preto e branco), de Bartolomé Seguí e Gabi Beltrán – 1º de setembro;
  • Tempos amargos (formato 17 x 24 cm, 232 páginas em preto e branco), de Etienne Schréder – 8 de setembro;
  • Os trilhos do acaso – Volume 1 (formato 17 x 24 cm, 336 páginas coloridas), de Paco Roca – 15 de setembro;
  • Os trilhos do acaso – Volume 2 (formato 17 x 24 cm, 336 páginas coloridas), de Paco Roca – 22 de setembro;
  • Uma aldeia branca (formato 17 x 24 cm, 104 páginas em preto e branco), de Tomeu Pinya – 29 de setembro;
  • O idiota (formato 17 x 24 cm, 424 páginas em preto e branco), de André Diniz – 6 de outubro.

.

Coleção Novela Gráfica

• Outros artigos escritos por

.

  • Josival Fonseca

    Nunca na vida que sairá um negócio desses por algum jornal daqui. Se sair, vamos aplaudir!

    • HGS

      Josival estive em Portugal e a Editora Levoir faz um trabalho perfeito nas edições, da até vergonha dos erros da Salvat e do preço da Eaglemoss por aqui.

  • Coralim DH

    Que bela nova leva dessa coleção. Mas eu confesso que estava esperando um novo volume do Jiro Taniguchi, porque os outros dois que foram lançados eu curti muito. “O Diário de Meu Pai” e “Terra de Sonhos” são obras magníficas. Principalmente o primeiro, que é algo contemplativo e que merece a publicação no Brasil também.

    • Pedro Bouça

      Entendo que eles tentaram incluir um volume do Taniguchi, mas como o autor faleceu este ano, a negociação foi dificultada.