O desaparecimento da humanidade em UT, série da Bonelli que chega ao Brasil pela Graphite Editora

Por Samir Naliato
Data: 21 maio, 2020

Mais uma obra inédita da Sergio Bonelli Editore chega ao Brasil pela Graphite Editora: UT, de Corrado Roi e Paola Barbato.

UT – Volume 1 (formato 21 x 29 cm, 368 páginas) está disponível no Catarse e reunirá as três primeiras edições da série italiana.

Após o desaparecimento do homem, o que resta do planeta é povoado por novas espécies antropomórficas, governadas apenas por suas necessidades básicas. UT é uma criatura elementar, feroz e infantil, cujas tarefas são procurar insetos para o entomologista Decio e supervisionar uma antiga mastaba, um tipo de túmulo, em que eram sepultados faraós ou nobres importantes do Egito antigo.

Um dia, um indivíduo diferente de todos os outros emerge acidentalmente: Iranon, enorme, atordoado e sem memória. Decio orienta UT a nunca perdê-lo de vista, porque “ele é o único exemplar de sua espécie”. O aparecimento de Iranon, no entanto, não passou despercebido, e os equilíbrios duramente conquistados começarão a se desestruturar.

Para saber mais do projeto, ver os planos de apoio disponíveis, as recompensas programadas e apoiar, clique aqui.

UT - Volume 1

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Ricardo Ponce

    Cofre na certa :)

  • Quanto mais Bonelli, melhor!

  • Marquito Maia

    Outro dia era o tal de LUKAS sem memória!! Parece que a falta de memória tem sido um bom argumento… pra falta de criatividade!! Mas como tem gosto pra tudo…

    • Juruna

      Tá de mau humor, meu caro. Esse é um tema mais do que recorrente na ficção: livros, filmes, quadrinhos etc. Aliás, se pensarmos como você, meio que tudo é falta de criatividade, pois todos os temas já foram utilizados. Dê o benefício da dúvida: mesmo sendo um tema batido – como o clima pós-apocalíptico – pode ser uma abordagem diferente.

    • E o enredo, não conta? Não seria caso de “gosto pra tudo”… tem gente q curte Marvel!!!

  • santos

    Que traço sensacional a desse desenhista, não conhecia.

    • Pedro Bouça

      Ele é um dos desenhistas mais produtivos da Bonelli! Embora seja titular na série do Dylan Dog, ele já desenhou praticamente todos os personagens da editora.

  • Marcello S. Nicola

    Corrado Roi na arte é certeza de compra

  • eltony pitrelli

    Conrado roi é um daqueles poucos desenhistas que conseguem elevar o nível de qualquer história com seu traço.

  • Só o Corrado Roi já torna a obra tentadora…

  • Marquito Maia

    Calma, pessoal, como eu disse, tem gosto pra tudo… até pra Marvel, Tex etc.!! Só acho meio repetitivo, nada mais!! Ah, e adorei o “[…] é besteira querer um tema original. Concordo 100% com ele […]” Parece piada pronta, se é que me entendem. Abraços.

  • Marquito Maia

    Santo pessimismo, Batman!! Ouvi dizer que a campanha da Figura pra TORPEDO 1936 e KRAKEN, por exemplo, deu muito certo, ou seja, os fãs colaboram na hora de ler o material de sua preferência.

  • Alessandro Paiva

    Essa é uma campanha flexível então alguma coisa vai sair.