Panini lança a linha Batman Noir, começando com o clássico Cavaleiro das Trevas

Por Samir Naliato
Data: 19 julho, 2019

Batman Noir é uma linha que republica grandes histórias do herói em preto e branco, destacando o traço do desenhista ao retirar as cores. Nos Estados Unidos, a DC Comics já publicou diversos materiais neste formato, e agora ele chega ao Brasil.

A Panini Comics anunciou Batman Noir – O Cavaleiro das Trevas (formato 18,5 x 27,5 cm, 208 páginas, capa dura, R$ 70,00), trazendo, pela primeira vez no Brasil, a clássica história com a arte de Frank Miller e Klaus Janson em preto e branco.

A edição está em pré-venda na Amazon Brasil, com lançamento em agosto.

Originalmente uma minissérie em quatro edições lançada no início de 1986, Batman – O Cavaleiro das Trevas levou muito pouco tempo para ser considerada uma das duas pedras angulares dos quadrinhos norte-americanos modernos, ao lado de Watchmen, de Alan Moore. A história, mostrando herói envelhecido e amargurado voltando à ativa após anos de aposentadoria, ultrapassou as fronteiras do que se convencionava considerar histórias em quadrinhos, estabelecendo novos parâmetros, tanto em narrativa como em temática, e influenciando tudo o que veio depois.

A Panini tem planos de lançar outras edições de Batman Noir, como as Silêncio, de Jeph Loeb e Jim Lee, e Vitória Sombria, de Jeph Loeb e Tim Sale.

Batman Noir - O Cavaleiro das Trevas

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • VAM!

    “… A Panini tem planos de lançar outras edições de Batman Noir…”

    Pelo jeito a única que eu compraria, não será lançada – BT Noir: Eduardo Risso.

    Ou essa não é considerada da mesma linha, por focar num artista ao invés de uma história, Samir?

    Abs,
    VAM!

    • Samir Naliato

      A edição leva o título “Batman Noir”, então me parece que pode ser considerada.

      • VAM!

        Olha, tomara que sim, Samir.

        Pois originalmente a edição do Risso foi lançada antes de todas essas citadas e com uma design de capa diferente.

        Sendo, tempos depois readequado a este.

        E nenhuma das histórias contidas nele obteve o mesmo sucesso que as listadas na matéria.

        Mas eu particularmente gosto muito de Cidade Castiga e Cavaleiro da Vingança por exemplo. As demais nunca li.

        Abração,
        VAM!

  • Quartzo

    A questão é: essa é a arte bruta do Miller com o Klaus Janson, ou eles utilizam o arquivo digital colorido pra deixar tudo P&B?

    • Samir Naliato

      A arte bruta do Miller e Klaus.

    • Eli Morenno

      Eu tenho a original e garanto, é lindo o material.

  • Thiago A.

    Interessante…

  • FINASTERIDO

    Existe uma diferença gigante neste material e em Sin City, por exemplo. A concepção artística leva em conta detalhes que o autor faria de outra forma, sabendo que seria colorizado depois. Esta série noir simplesmente pega o material original e tira as cores. Sinceramente, após ver este Cavaleiro das Trevas preto e branco a única coisa que me bateu foi a falta das cores de Lyn Varley. A questão na verdade é que este material não foi planejado nem desenvolvido para ser em preto e branco. Nem este nem os outros da série.

    • VAM!

      Olá FINASTERIDO!

      É por isso que tenho mais interesse no Risso, visto que todos os seus trabalhos são pensados em P&B, se recebem cores posteriormente as mesmas são apenas um complemento.

      Abs,
      VAM!

    • silas.

      Penso de forma semelhante. Prefiro minhas quatro edições da editora Abril de Batman Preto e Branco.

  • Eli Morenno

    Lançamento sábado 27/07 no Coletivo Geek em SP.

  • Eli Morenno

    Não acho, talvez não atenda a todos os gostos, mas é um clássico e merecia uma edição SEM aquela continuação horrorosa

    • VAM!

      Olá Eli Morenno!

      Se o único motivo para comprar é justamente a ausência de DK2, talvez seja melhor esperar pra ver se a vai sair essa a edição colorida, pela Eaglemoss/DeAgostine no Brasil. Já que a mesma coleção do Batman em outros países, publicou as duas separadas.

      Abs,
      VAM!

    • Southern Cimmerian

      Olá, ELi, a versão Edição Definitiva nacional do Batman: O Cavaleiro das Trevas, é a mesma da Absolute Dark Knight, a qual também contém as 2 minis do Frank Miller. Claro, sem slipcase e todas aquelas frescuras que fazer uma Absolute algo primoroso (e muito, MUITO caras). Vlw.

  • VAM!

    Não, relançar como NOIR também, que aliás já existe. :)

    Abs,
    VAM!

    • FINASTERIDO

      E QUE TAMBÉM é fraaaaca…. Neste caso, inclusive, é pior do que os outros. PORQUE, se lembrarem, Bolland confere cores diferentes ao passado do Coringa, A COR É O DIFERENCIAL, e nesta edição, que eu ja vi, isso se perde completamente. Ou seja, além de não funcionar ainda prejudica a narrativa.

  • Southern Cimmerian

    Melhor seria ter lançado algum da coleção Batman Unwrapped, que este sim, mostra apenas o lápis do desenhista. Pra mim, MUITO mais interessante!

  • ninguém

    Batman Noir?

    Não sabia que agora o personagem voava…