Panini lança Mulher-Maravilha – Volte para mim, parte de projeto da DC com distribuição alternativa

Por Samir Naliato
Data: 7 maio, 2020

Em 2018, a DC Comics criou uma linha de publicações para distribuir fora das comic shops norte-americanas, batizada de 100-Page Comic Giant.

Essas revistas seriam vendidas exclusivamente nas lojas Walmart, dentre elas Superman 100-Page Comics Giant, Batman 100-Page Comics Giant e Justice Leage 100-Page Comics Giant.

Em seu interior, cada uma com obviamente 100 páginas, teriam republicações e histórias inéditas sem relação com a cronologia das revistas regulares.

Uma delas foi Mulher-Maravilha – Volte para mim, com roteiro de Amanda Conner e Jimmy Palmiotti, e arte de Chad Hardin, que saiu nas páginas da revista da Liga da Justiça e que agora a Panini Comics traz ao Brasil em forma de encadernado.

A edição está em pré-venda na Amazon e será lançada ainda neste mês de maio no formato 17 x 26 cm, 160 páginas e custando R$ 26,90.

Quando Steve Trevor é chamado para um teste de voo em uma aeronave experimental, ele acaba se perdendo no Triângulo das Bermudas, e resta à Mulher-Maravilha e Etta Candy seguir seu rastro até uma ilha misteriosa e selvagem. E como se já não fosse ruim o suficiente, a Mulher-Leopardo, inimiga mortal da Mulher-Maravilha, está à espreita.

Com isso, abre-se a expectativa da Panini também publicar o Superman de Tom King e Andy Kubert, e o Batman de Brian Michael Bendis e Nick Derington.

Mulher-Maravilha - Volte para mim

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Marquito Maia

    Nessas horas a gente se lembra do bom e velho Jonah Hex de John Albano, Michael Fleisher e Tony DeZuniga!! Uma das melhores HQs de faroeste de todos os tempos!! Aliás, já que o José Luís García-López anda em alta, já pensou se rolasse uma republicação da fase ilustrada por ele? Uau!!

  • CRISTIANO CRUZ

    Pré-venda de gibis da Panini na Marvel?! Fujam!

  • Caio

    Bacana. A revista do Batman inclusive é a melhor coisa que fizeram com o personagem nos últimos anos, mas acabou ficando nas sombras por causa do formato.

  • Detetive Cômico

    Uma das piores HQ’s que li em toda minha vida, a Amanda Conner é uma excelente escritora, mas essa história é HORRÍVEL