Panini relança o encadernado de Terra X

Por Samir Naliato
Data: 17 agosto, 2017

A Panini Comics anunciou que disponibilizará uma nova tiragem do encadernado Terra X, que estava esgotado havia anos. A edição foi publicada originalmente em 2009, seguida depois pelas duas continuações: Universo X e Paraíso X.

O lançamento será neste mês de agosto, no formato 17 x 26 cm, capa dura e 472 páginas. O preço sugerido é de R$ 100,00, mas o álbum já está em pré-venda na Amazon Brasil com 23% de desconto.

Terra X mostra um futuro alternativo distópico do Universo Marvel, idealizado pelo ilustrador Alex Ross e com roteiro dele e Jim Krueger, com arte de John Paul Leon e Bill Reinhold. A trama, originalmente narrada numa maxissérie em 12 edições, é ambientada num porvir no qual todos os habitantes da Terra tornam-se superpoderosos, e como esse novo status quo afeta os antigos heróis e a vida em todo o planeta.

Este é mais um capítulo na curiosa história editorial desta saga no Brasil. A primeira versão foi publicada pela Mythos Editora, em 2001, como uma minissérie em quatro edições, que ficou famosa pela quantidade de cortes de páginas realizadas.

Terra X

 

 

• Outros artigos escritos por

.

  • Leandro Banner

    Ótimo! Eu já tenho essa edição! Será que vão relançar também PARAÍSO X e UNIVERSO X?? LEVI, POR FAVOR… tire essa dúvida!

    • Homem Simpson

      Apesar da TREMENDA subjetividade com que tratam o teor da Trilogia X, é um bom exercício narrativo. A proposta busca infirmar a história do futuro dos heróis Marvel a partir dos cânones estabelecidos por Stan Lee, Jack Kirby, entre outros. É um projeto titânico, mas bastante proveitoso, claro, se o leitor tiver paciência para ler os três calhamaços.

      O ponto positivo, além do já aludido, é poder comparar o começo desse universo de heróis com seu provável fim, sem que as histórias pareçam deslocadas. A prova disso é a paulatina aproximação da cronologia oficial com algumas trajetórias da maxissérie – o romance entre Pantera Negra e Tempestade é um caso.

      O ponto negativo está no fecho do projeto, Paraíso X, que perde o rumo em meio a tantos pontos a serem unidos. A terceira parte da trilogia deixa a desejar principalmente por não conseguir reunir e concluir satisfatoriamente as diversas tramas em um final apoteótico.

      No geral, é uma proposta maior, mais detalhista e pretensamente definitiva do que um universo sobre-humano e maravilhoso teria como ponto de chegada. Pena que sua conclusão não teve o mesmo cuidado conceitual que os outros dois volumes tiveram.

  • Dyel Dimmestri

    Outro daqueles CLÁSSICOS OBRIGATÓRIOS que não podem ficar de fora da estante dos fãs!

  • Guilherme Girão

    Pense numa história maluca. Releio até hoje, não por sua qualidade, mas pelas bizarrices que aparecem em cada página.

    • FINASTERIDO

      EXATO. uma história sem sentido algum e muito confusa o tempo todo. Bizarro, no pior sentido, é uma boa definição.

      • Homem Simpson

        Juízo de valor é bom para o dono.

        • FINASTERIDO

          é..?

          • Homem Simpson

            Se não é, então comece a ler o Estadão. ;)

  • FINASTERIDO

    rsrs… engraçado… ESSA foi uma das piores HQs que eu li. Alex Ross é fantástico… ILUSTRADOR. Nada mais. Uma trama que parte de um pressuposto que não permite sequer muita liberdade para desenvolver subtramas. Um mundo em que todos possuem poder. Ora… isso simplesmente torna qualquer enredo fraco. Imagine uma terra cheia de Super homens… enfim… mas tem público, pelo visto. e com certeza, com a qualidade PANINI, esses leitores vão adorar

    • Né? É uma bosta. Mas se TODO MUNDO fala que é bom, TODO MUNDO tem que concordar.

      • FINASTERIDO

        kkkkkkkkk por ai

  • Thiago A.

    Já tenho.

  • Marvin

    Nunca li, tenho curiosidade em conferir, mas não sei se tenho $coragem$ de comprar

  • A Mytho$ sempre cagando na nossa cara….

  • É o tipo de HQ bosta que ninguém leu, mas que todo mundo fala superbem.

    • Val Fonseca

      Eu mesmo achei a história arrastada, não empolgou e acabei parando antes da metade. Acabei vendendo a minha por um bom preço e agora vou repor, mas vai ser mais pela arte mesmo!

    • a estória é ruim, mas a edição é linda! finalmente completei.

      • Vc é o primeiro cara que confessa que não lê e só compra pela lombada. Parabéns! :D

        • eu confesso é isso mesmo. Adoro as lombadas, o papel especial e o saudosismo que me dá dá época da editora abril quando o papel era vagabundo e eu não tinha dinheiro para comprar as edições especiais.

          Contudo, depois de décadas lendo quadrinhos, as estórias ficaram muito repetitivas e já nem tenho ânimo de ler o que compro, salvo raríssimas exceções que quase nunca são DC ou Marvel.

          abç!

          • Tá certo. A pessoa curte o que ela quer. Só não curto hipocrisia. E tem muito hipócrita aqui.

            Valeu!

  • Tenho curiosidade de conhecer.

  • é a bendita lombada grossa. quanto mais grossa, mais eles gostam. :D