Panini republica o retorno de Barry Allen no encadernado Flash – Renascimento

Por Samir Naliato
Data: 24 abril, 2020

A Panini Comics está lançando Flash – Renascimento (formato 17 x 26 cm, 160 páginas, capa dura, R$ 60,00), com roteiro de Geoff Johns e arte de Ethan Van Sciver.

A edição já está em pré-venda na Amazon com frete grátis para usuários Prime, e será lançado em maio.

Barry Allen foi um dos maiores heróis de todos os tempos. Muitos anos atrás, ele sacrificou sua vida para salvar todo o multiverso na saga Crise nas Infinitas Terras, e foi substituído pelo seu sobrinho, Wally West. Mas, durante a invasão de Darkseid mostrada em Crise Final, um Flash foi visto ajudando a rechaçar as forças hostis. Um flash de olhos azuis e uma determinação inconfundível.

O famoso velocista escarlate voltou, mas a história não acaba aí. Com ele também voltou um terrível inimigo, com uma revelação que abalará todas as estruturas.

Flash – Renascimento (não confundir com a fase Renascimento da DC Comics, de 2016) foi lançada originalmente em 2009, 23 anos após Crise nas Infinitas Terras.

A própria Panini trouxe para o Brasil nas páginas da revista Liga da Justiça, em 2010. Agora, a história é republicada pela primeira vez e em um título próprio.

Flash - Renascimento

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Beto Magnun

  • Beto Magnun

    Lembro quando saia no mix da liga da Justiça. O que salvava era a Sociedade da Justiça do Jerry Ordway, e isso não republicam.
    Roteiro fraco e Van Sciver nada nada inspirado.

    • Roberto Xavier

      Gostaria muito de ver republicado o material do Jerry Ordway do Superman produzido nos anos 80. Mais uma bola fora da Panini não trazer esse material.

  • Beto Magnun

    Preço de capa do Maskara é R$84,90. Não sei agora, mas o preço tava em conta por causa do desconto de pré venda.
    Enfim… Dólar tá nas alturas só isso já influência tudo na produção.

  • Roberto Xavier

    A Panini sofre de ausência de gestores competentes. Os três ex-funcionários do P&N dão de 7×1 na maior editora da América Latina e detentora dos direitos autorais de Marvel e DC. E não conseguem vender tiragem de 10 mil. É uma vergonha. Aí disparam os preços para compensar a baixa tiragem.

  • marcelo miranda

    corre dessa aqui, é muito ruim