Panini revela detalhes da publicação de Renascimento, da DC Comics, no Brasil

Por Samir Naliato
Data: 22 março, 2017

Como noticiado no início deste mês, a Panini Comics começará a publicar no Brasil a nova fase da DC Comics, conhecida como Renascimento, no final de março. A estreia será com o especial Universo DC – Renascimento (formato 17 x 26 cm, 112 páginas).

Com a data se aproximando, a editora revelou, pelo hotsite da DC, como serão as novas revistas mensais que chegarão às bancas brasileiras a partir de abril.

Todas terão um novo número um, miolo em papel LWC, formato 17 x 26 cm e 48 páginas, sendo que cada uma será exclusiva de um personagem, acabando assim com o tradicional mix de histórias. Os preços ainda não foram informados. Confira a lista abaixo, em ordem alfabética:

Action Comics  – As histórias do Superman contra Lex Luthor, Apocalypse e outros grandes vilões, com roteiros de Dan Jurgens e artes de Patrick Zircher, Tyler Kirkham e Stephen Segovia. É a primeira vez que uma série regular no Brasil é batizada com o mesmo título da revista que o Homem de Aço fez a sua estreia, em 1938, nos Estados Unidos.

Batman – O Cavaleiro das Trevas enfrenta novos vilões e conhece novos aliados em histórias escritas por Tom King e ilustradas por David Finch.

Action ComicsBatman Rebirth # 1

Detective Comics – Com a ajuda da Batwoman, Robin Vermelho, Cara-de-Barro, Salteadora e Cassandra Cain, o Homem-Morcego pretende acabar com uma grande ameaça… ou morrer tentando. Escrito por James Tynion IV e desenhado pelo brasileiro Eddy Barrows. Assim como Action Comics, é a primeira vez que uma série nacional ganha o título da clássica publicação que marcou a estreia do Batman nos quadrinhos.

Lanterna Verde – Ao contrário das demais revistas, esta terá 88 páginas, reunindo as aventuras de duas séries distintas: Green Lanterns e Hal Jordan and the Green Lantern Corps.

Liga da Justiça – Bryan Hitch assume os roteiros do título principal da equipe e, ao lado do desenhista Tony Daniel, joga os heróis no meio de uma crise cósmica sem precedentes. E, mesmo que eles vençam mais esse desafio, qual será o custo disso para a população da Terra?

Lanterna VerdeLiga da Justiça

Mulher-Maravilha – Depois de mais de 30 anos, a Princesa Amazona volta a ter um título mensal no Brasil – o anterior foi pela Ebal, em 1983. O passado e o presente da heroína em aventuras com roteiros de Greg Rucka e desenhos de Liam Sharp e Nicola Scott.

Superman – Há um novo Homem de Aço no Universo DC. Na verdade, trata-se do Superman de antes dos Novos 52, recuperado de outra linha temporal após uma grande crise. Nesse novo mundo que ele não conhece bem, o herói terá de lidar com seus novos e não tão familiares companheiros de luta contra o crime… e com a responsabilidade de agora ser pai! Escrito por Peter J. Tomasi e com arte de Patrick Gleason.

Como a maioria das revistas da fase Renascimento tem periodicidade quinzenal nos Estados Unidos, isso permite à Panini publicar duas histórias por mês em cada uma das novas séries.

A editora promete mais duas estreias, uma para maio e outra para junho, mas não deu outros detalhes por enquanto.

Aparentemente, a Panini continuará apostando em encadernados para muitos personagens, o que vem dado bons resultados nos últimos anos e agradando aos leitores.

Detective ComicsSuperman

Mulher-Maravilha

• Outros artigos escritos por

.

  • Coleção Superman

    As estreias são Arlequina, Os Jovens Titãs, Esquadrão Suicida (não necessariamente nessa ordem). Todos os títulos estão na lista da Central de Atendimento da editora com subtítulo Rebirth.

  • Valdir Pedrosa

    Detective Comics e Action Comics pela primeira vez publicadas no Brasil, além da estreia da mensal da Mulher-Maravilha. Gostei. Acho que a Panini acertou, inclusive na continuação dos encadernados.

    • Larrous

      É um belo acerto da Panini. Fora o fato de que a maioria das hqs deram tchau para os mix insuportáveis. Me afastei das desses materiais por isso e agora vou voltar.

  • JJLequerica

    O meu comentário pedindo a volta do checklist não entrou por qual motivo?

    • JJLequerica

      Ahhh… entrou, demorou bem, mas o bichinho tá ali. :)

  • Eduardo Lima

    Faz muito falta o checklist! Apoio o colega JJLequerica

    • Valdir Pedrosa

      Eu também apoio. No ano passado, cheguei a pedir o retorno do checklist em duas oportunidades. É claro que há outros sites que fornecem checklist, mas não existe um tão completo e tão confiável quanto o que tínhamos aqui no Universo HQ.

    • Marquito Maia

      Bom, se não houver problema em indicar blog de terceiros (tipo, a união faz a força, sabe?), tem um chamado Planeta Gibi que vira e mexe publica as listas de lançamentos das editoras.

  • Jackson Good

    Mulher Maravilha com roteiro do Rucka e FORA DE MIX/ALMANACAO é compra certa. Aliás, esse formato de mensal “fininha” com histórias de um unico personagem é quase tão bom quanto encadernados. Tá show com as da Marvel dessa nova fase, pelo jeito deu certo se vão adotar também pra DC. Isso é respeitar o leitor e entender que não estamos mais nos anos 70/80. Parabéns pra Panini.

  • miltondiogo

    Eu também gostava muito do checklist do UHQ. Já que não tem, acabo acompanhando pelo Planeta Gibi.

  • Andre Luiz dos Santos Oliveira

    Eu concordo também. Pra mim era religioso todo mês vir aqui e ler quais eram os quadrinhos do mês. Agora que esta sessão parou, tô meio perdido e não consigo acompanhar como antes. Tive que assinar o canal no YouTube da Comix pra saber o que tem chegado lá e anotar no celular o que me interessa, ou seja, complicou mais ainda.

    Faz muito falta o checklist! Apoio o colega JJLequerica (2)

  • Diego Berlezi Ramos

    Que legal!!! Outro Reboot? Quanta originalidade. Já está com periodicidade anual. No próximo o Superboy Prime e o Antimonitor serão os heróis e o vilão será o Coringa que terá em mãos cinco joias que controlarão o universo quando encapsuladas em um cubo cósm…. Não, peraí…

    • Samuel Almeida

      Adoro gente que fala sem saber…

      • Diego Berlezi Ramos

        E eu que acompanho quadrinhos desde os anos 80 e ainda vejo por aí baba-ovo de reboot?

        • Samuel Almeida

          Acompanha quadrinhos desde os anos 80 e ainda não sabe que o rebirth não é reboot? Achei que leitores de longa data fossem mais experientes.

          • Diego Berlezi Ramos

            Não é que ficam mais experientes, mas cansa ver a mesma coisa só que com uma propaganda diferente. Hoje o pessoal se emociona demais com merchandising e tem pouco pensamento crítico – exceto quando é para tripudiar quem tem opinião diferente.

  • Marquito Maia

    “Reboot”, “relaunch”, nova fase… No fim, é tudo a lesma lerda!!! rs

  • Diego Berlezi Ramos

    “Nova fase” é só desculpa para: “nossa! Não sabemos mais onde estamos!”

  • Sem chance de Hellblazer e Besouro Azul entrar na grade da Panini então?