Paracuellos, do espanhol Carlos Giménez, chega pela Comix Zone falando das crianças órfãs do pós-guerra

Por Samir Naliato
Data: 29 junho, 2020

Quase nenhum trabalho do quadrinhista espanhol Carlos Giménez foi publicado no Brasil. Um deles, Dani Futuro, foi publicado pela Editora Abril em 1978.

Agora, a editora Comix Zone está trazendo a graphic novel Paracuellos (formato não informado, 208 páginas, capa dura, R$ 89,90).

A edição está em pré-venda exclusivamente na Amazon com 30% de desconto e frete grátis para usuários Prime.

Na Espanha franquista do pós-guerra, inúmeras crianças órfãs ou abandonadas cresceram em abrigos do Auxílio Social. Desamparadas e longe de suas famílias, os tempos são duros para elas e os momentos de alegria, raros.

Pablito, Adolfo, Peribáñez e muitos outros aprenderão nessas difíceis condições o que é medo, crueldade e vingança, mas também amizade e fraternidade. Eles criarão laços indissolúveis que lhes permitirão tornar-se os homens do amanhã.

Paracuellos ganhou diversos prêmios de quadrinhos da Europa, incluindo Melhor álbum no Festival de Angoulême, em 1981, e o Prêmio do Patrimônio, na edição de 2010 do mesmo evento.

Paracuellos

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Américo de Azevedo Klimer

    Paracuellos foi onde os comunistas assassinaram a sangue frio quatro mil pessoas, entre padres, freiras, professores e jornalistas, além de qualquer outro considerado “inimigo da República” durante a Guerra Civil Espanhola”. Pesquisem “Massacre de Paracuellos”.

    • Marquito Maia

      Santa Wikipedia, Batman!! Cê só esqueceu de dizer que essas pessoas – provavelmente tudo “gente de bem” – eram simpatizantes do general Francisco Franco, um canalha chegado no fascismo e no nazismo, que, em 1936, deu um golpe contra o governo de esquerda da época, provocando uma guerra civil na Espanha até 1939, quando, então, ocupou o poder até 1975, ocasião da sua – GRAÇAS A DEUS – morte!! Lembrei-me, claro, do filme O LABIRINTO DO FAUNO, que fala sobre esse período lamentável. Enfim,qualquer semelhança do franquismo com o bolsonarismo não é mera coincidência!! E palmas pra Comix Zone por mais um lançamento de peso!!

    • Pedro Bouça

      Por isso que os franquistas criaram o abrigo lá.

      Incidentalmente, poucos meses antes os rebeldes nacionalistas massacraram eles próprios quatro mil pessoas em Badajoz. Pesquisem “Massacre de Badajoz”.

      Os espanhóis são muito violentos…