Pecado Original, saga da Marvel com arte de Mike Deodato Jr, ganha edição em capa dura pela Panini

Por Samir Naliato
Data: 19 setembro, 2018

Em 2015, a Panini Comics publicou no Brasil a saga Pecado Original, da Marvel, numa minissérie em cinco edições.

Agora, a história retorna numa versão encadernada em capa dura, para livrarias, com o especial Pecado Original (formato 17.5 x 26,8 cm, 368 páginas, R$ capa dura, R$ 103,00), escrito por Jason Aaron e desenhado pelo brasileiro Mike Deodato Jr.

A edição já está em pré-venda na Amazon Brasil com a modalidade de preço mais baixo garantido.

Uatu, a enigmática divindade espacial que observa toda humanidade da Lua, morreu. Quem matou o Vigia? Enquanto Nick Fury comanda os heróis numa investigação, outras forças se põem em movimento e perguntas vêm à tona. Quem é o Não Visto? O que foi roubado da fortaleza de Uatu? Quem está por trás das ações de uma equipe secreta que inclui heróis como Pantera Negra, Emma Frost, o Justiceiro e o Doutor Estranho?

A caçada cósmica de Fury alcança os recônditos do galáxia, mas tão logo os Vingadores acreditem ter encurralado o assassino, uma explosão ocorre e os maiores segredos do Universo Marvel são expostos, atingindo os combatentes da justiça em seu âmago. O que foi que o Vigia testemunhou? Quem puxou o gatilho? Afinal, o que foi o Pecado Original?

Este volume traz as histórias publicadas originalmente em Original Sin # 0 a # 8, Original Sins # 1 a # 5 e uma aventura extraída de Marvel Point One # 1.

Pecado Original

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Leandro Banner

    Isso vale a pena? Tenho priorizado histórias PRÉ Guerra Civil e me arriscado muito pouco com histórias depois disso (Capitão do Brubaker, Demolidor do Waid e Pantera do Coates foram as exceções até o momento)! Se alguém puder me dar uma palha se vale a pena ou se é dispensável, ficaria imensamente agradecido.

    • Samuel Bono

      Olha Leandro, o problema dessa história, é que começa com uma cena legal, a morte do Vigia e cara, descamba pra um monte de maluquices envolvendo o Nick Fury. Serio, beira ao ridículo. Tem uma narrativa bem chata aliás. E os desenhos do Deodato, finalizando foto na cintiq incomoda em alguns momentos. Aproveitando, você falou do Demolidor do Waid. Procure a Viúva Negra do Waid, são apenas dois números. Vale muuuuito a pena. Você vai adorar, ainda que é você é fã do Brubaker.

      • Leandro Banner

        Haha, perfeito, Samuel, muito obrigado! Estava mesmo desconfiado que pudesse ser algo assim! Estou realmente MUITO seletivo para adquirir títulos Marvel desses últimos tempos, e agradeço pela sugestão da Viúva do Waid.

    • Into

      Essa história só serviu pra duas coisas: cobrir a cota semestral de mega-sagas inúteis na Marvel e fazer o Odinson perder o martelo. Não pagaria nem R$10,00 nisso, honestamente.

      • James Howllet

        Indicaria também o Cavaleiro da Lua.

        Nada supera a run do Warren Ellis, mas o Lemire fez um trabalho muito bom.

      • Leandro Banner

        Valeu, Into! Estava mesmo com um pé atrás e vou deixar passar sem a menor crise de consciência. Desde Guerra Civil estou farto dessas sagas (antes anuais e agora “semestrais”, como vc muito bem colocou) e tenho procurado investir mesmo só no que vale a pena! E da Marvel tem sido muito pouco mesmo! Obrigado.

  • Eugênio Furtado

    Coitadas das árvores que deram suas vidas pra se transformarem nisso!

    • Samuel Bono

      Kkkkk, falou tudo.

    • 0-Drix

      Isso sim é um grande “pecado original”!

  • HGS

    Essa saga sem sentido e com pouco reflexos nas hqs só serviu para duas coisas, uma boa e uma ruim:
    1 – A ruim foi acabar com o Nick Fury clássico, e transformá-lo em um personagem totalmente sem importância, priorizando o novo Nick Fury Jr. apenas para ficar igual ao cinema.
    2 – A boa foi a fase da Thor Jane Foster do Jason Aaron.

  • Quark Ferengi

    O pecado que fez o Thor perder o martelo já foi revelado?