Pipoca & Nanquim lança livro de luxo com saga original de Conan

Por Marcelo Naranjo
Data: 25 outubro, 2017

A editora Pipoca & Nanquim traz de volta uma das maiores sagas épicas de toda a história da literatura. Conan, o Bárbaro (formato 15,5 x 22,5 cm, 304 páginas, R$ 59,90) é a obra máxima do escritor Robert E. Howard, criador do gênero Espada & Feitiçaria e principal inspiração para autores como J. R. Tolkien, George Martin e Michael Moorcock.

Dividida em três volumes, a saga apresentará na íntegra todas as aventuras de Conan, seguindo a ordem em que foram publicadas originalmente na revista Weird Tales.

As edições terão acabamento de luxo, ilustrações de artistas como Mark Schultz e Gary Gianni, diversos extras, sobrecapa de acetato transparente e, pela primeira vez no Brasil, as capas originais de Frank Frazetta.

Além disso, todos que adquirem o livro na pré-venda da Amazon Brasil ganharão o e-book O Guia Definitivo da Espada & Feitiçaria, de autoria da própria Pipoca & Nanquim, que será enviado aos compradores no dia de lançamento, em dezembro.

Conan

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Dimas Mützenberg

    Melhor presente de natal da história. Apesar de a Conrad ter lançado um bom projeto a alguns anos atrás, esse do Pipoca é finamente o tratamento que Conan e seus fãs sempre mereceram. Incrível como ninguém havia enxergado ainda o óbvio ululante. Mais um ponto para a editora.

  • Vagner Gomes

    Essa sim pra mim, é o mais esperado. A editora Pipoca e Nanquim em metade do ano mandou muito bem, imagina no próximo ano.

    • helio

      Sim, é com esse lançamento que eles se consolidarão como editora, e pro ano que vem muitos lançamentos previstos. tive a oportunidade de falar com eles um mês atrás no evento.

  • Marcelo Mainardi

    Naranjo, será que Howard teria sido mesmo uma inspiração para Tolkien?

    • Dizem que o L. Sprague de Camp deu um livro com contos do gênero e tinha histórias do Howard, não se sabe exatamente se ele leu tudo: https://tolkientalksite.wordpress.com/2017/01/05/j-r-r-tolkien-leu-as-historias-de-conan-o-barbaro/

    • Olavo Nogueira

      Eu acho improvável, acho que os trabalhos do Howard ficaram mais dentro dos Estados Unidos, lembrando que O Hobbit saiu na década de 30, pode até ter acontecido, mas acho difícil.

    • Marcelo Naranjo

      Olha, assim reza o release kkkkkkk
      Na Wikipedia e em alguns sites gringos consta que sim.

      • Marcelo Mainardi

        “assim reza o release ”
        hehehe ..boa.

      • Victor Vitório

        Mas de Tolkien ter lido um pouco de Conan na velhice até afirmar que Howard foi uma “principal inspiração” há um abismo enorme. Bom lançamento da editora, mas o pessoal do marketing n deixa de ser o pessoal do marketing…

  • Jamerson Albuquerque Tiossi

    O interesse contínuo por Conan é algo que considero curioso. Não digo que seja ruim, até porque só li um livro (Cravos vermelhos). Apenas curioso!

  • Dimas Mützenberg

    As duas edições da Conrad não têm a obra completa (dizem que ela teria um terceiro volume, mas não sei se procede). Já a do pipoca será completa, com toda a obra do Howard com Conan. Os contos, poemas, ensaios, romance, etc.
    A edição da Conrad também só tinha ilustrações do Mark Schultz e essa terá além dele, Gary Gianni.
    E as capas do Frazetta, que nem precisa dizer mais nada =)

    Vale lembrar que na época do filme do Momoa (que não vale lembrar rs) a editora Generale lançou um livro com o romance A Hora do Dragão e alguns outros contos que não haviam saído na edição da Conrad.

    • Sim, o da Generale foi feito pelo próprio Callari, muito provavelmente teria outro volume na Conrad, até mesmo Jornada ao Oeste só teve dois dos três volumes previstos.

  • Ao que tudo indica, muitos anos depois de ser um escritor famoso.

  • Howard em capa dura…gourmetizaram o Conan.

  • Diogo

    Eu tenho esse da Generale, o conteúdo dele vira nos volumes seguintes? já posso vender esse livro comprado no hype de um novo filme do Conan que achei que seria bom?

  • Gabriel Fernandes

    Eles falaram no vídeo de lançamento no canal do youtube.

  • marcio monteiro

    Não gosto muito desse tipo de traço do Schultz(pincel seco) Prefiro seu traço mais antigo. Mas vale muito a pena esse material. Excelente escolha da Pipoca e Nanquim. É muito bom que essas editoras venham valorizar o P&B. Vai entrar na minha lista!!! Poderiam editar algo do magistral Alex Toth, outro gênio do claro escuro.Fico na torcida!