Pulp é o novo selo de quadrinhos da editora Lendari

Por Samir Naliato
Data: 1 fevereiro, 2018

A editora Lendari está lançando um novo selo editorial para a publicação de quadrinhos: Pulp, com a proposta de publicar títulos de autores brasileiros. 

“Desde o início de 2017, venho sentindo a necessidade de dividir a Lendari em selos temáticos. E, não por acaso, a nova linha de ação começa com a marca de quadrinhos, pois já havíamos lançado, no ano passado, o primeiro livro do personagem Capirotinho, de Guilherme Infante”, explica o editor-chefe e presidente do Grupo Lendari, Mário Bentes.

O responsável por coordenar e editar o projeto será Douglas MCT, autor de livros e quadrinhos – como Hansel & Gretel (NewPop, 2016). Ele batizou o selo.

Revistas pulp eram publicações do início dos anos 1900, produzidas em papel barato, fabricado a partir de polpa de celulose. Foi nelas que surgiram diversos personagens que se popularizaram, como Zorro, O Aranha, O Sombra, Doc Savage e outros.

As primeiras obras do selo Pulp serão dos autores Lucas Moreira, criador das Tirinhas do Rex, que tem mais de 200 mil fãs no Facebook; e Rafael Fritzen, o responsável por Ângulo de Vista, que já atingiu mais de um milhão de fãs nessa rede social.

Guilherme Infante, que foi em 2017 pela Lendari, passa a integrar o time da Pulp, com o segundo volume de Capirotinho.

Pulp

Capirotinho

Tirinhas do Rex

Ângulo de Vista

• Outros artigos escritos por

.

.

.