Revelação pode mudar a origem do Coringa

Por Samir Naliato
Data: 5 fevereiro, 2015
Aviso aos leitores: este artigo lida com fatos recentes do Universo DC, divulgados na mídia norte-americana, que ainda são inéditos no Brasil. Por isso, aborda acontecimentos que certamente podem prejudicar o prazer de sua leitura no futuro.

 

Batman # 37Desde o reboot da DC Comics, em 2011, o escritor Scott Snyder é o responsável pela revista mensal Batman. Com histórias elogiadas por público e crítica, é atualmente a série mais vendida da editora, e vem introduzindo novos conceitos no universo ficcional do Cavaleiro das Trevas. Apresentou a Corte das Corujas, mostrou o retorno do Coringa e recontou a origem do herói.

No arco de histórias mais recente, chamado Endgame (Fim de Jogo), o roteirista aborda novamente o Palhaço do Crime, afirmando ser esta a última trama que escreverá com o vilão. Justamente agora que o personagem comemora 75 anos de criação (a primeira aparição aconteceu em Batman # 1, de 1940).

E parece que a aventura trará consequências grandes, com uma revelação que pode mudar o que os leitores conheciam do louco adversário do Batman.

Na revista Batman # 37 (dezembro de 2014), o Comissário Gordon descobriu fotos antigas do Coringa, que datam do início do Século 20, e nem mesmo um tiro à queima-roupa no peito do vilão o parou. Na edição seguinte, mais revelações parecem corroborar o fato do Coringa ser imortal.

Um estranho produto químico, descoberto há milênios, provoca a longevidade daqueles que tiveram contato com ele. E é isso o que teria acontecido com ele, antes da fundação de Gotham. Assim, essa origem remeteria a outros conceitos do Universo DC, como Vandal Savage e o poço de Lázaro, usado por Ra’s Al Ghul.

“Basicamente, o Coringa decidiu parar de brincar, e quer mostrar o quanto Batman é insignificante. O quanto a missão dele é insignificante”, explica Snyder. “Bruce tem que encarar sua mortalidade, e tentar lidar com o fato de que o Coringa pode ir além.”

Mas autor alerta. “Isso é o que o Coringa diz, e parece ser verdade. Mas, obviamente, cabe ao leitor acreditar ou não. Mesmo se não acreditar, terá que descobrir junto com Bruce e Jim Gordon como o Coringa conseguiu orquestrar tudo isso. Faz parte da diversão da história”, encerrou.

Batman # 38 Página de Batman # 38

• Outros artigos escritos por

.

.

.