A revolução dos bichos ganha adaptação em quadrinhos por Odyr

Por Marcelo Naranjo
Data: 15 outubro, 2018

O quadrinhista gaúcho Odyr passou os últimos anos envolvido numa empreitada desafiadora: transformar em quadrinhos um dos maiores clássicos da literatura mundial, A revolução dos bichos (formato 26,6 x 20,2, 172 páginas, R$ 69,90), que está sendo lançado agora pela Quadrinhos na Cia.

O título já está à venda, com desconto, na Amazon Brasil.

Em tinta acrílica, fazendo com que cada página se tornasse uma obra de arte, Odyr deu forma à narrativa de George Orwell e a personagens antológicos como os porcos Napoleão e Bola de Neve. Escrita em plena Segunda Guerra Mundial e publicada em 1945, essa breve narrativa causou desconforto ao satirizar ferozmente a ditadura stalinista numa época em que os soviéticos ainda eram aliados do Ocidente na luta contra o eixo nazifascista.

Mais de sessenta anos depois, A Revolução dos Bichos se tornou uma alegoria universal sobre as fraquezas humanas que levam à corrosão de grandes ideias e projetos de revolução política.

A Revolução dos Bichos

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Dyel Dimmestri

    Uma obra totalmente atemporal, cuja força só aumenta com o passar do tempo… Agora, abrilhantada pela bela arte de Odyr… Não como não esquecer o famoso slogan da revolução “TODOS OS BICHOS SÃO IGUAIS. MAS ALGUNS SÃO MAIS IGUAIS DO QUE OS OUTROS”. Ou então, a frase final do livro: “Os animais olhavam de um porco para um homem, de um homem para um porco,e de um porco para um homem,outra vez. Mas ficou impossível saber quem era homem e quem era porco”.