Skript Editora lança mais três campanhas de quadrinhos no Catarse

Por Samir Naliato
Data: 5 dezembro, 2019

O ano está chegando ao fim, mas a Skript Editora não quer saber de descanso e abriu campanha de financiamento coletivo de três novos projetos de quadrinhos que serão lançados em 2020,s endo duas coletâneas e um autoral.

Confira os detalhes com os respectivos links para apoiar. Todos os projetos contam com opções de apoio com brindes exclusivos:

Emília – 100 anos (formato 17 x 26 cm, 100 páginas, R$ 69,90) trará mais de 20 autoras apresentando suas próprias leituras da clássica personagem do Sítio do Picapau Amarelo criada por Monteiro Lobato.

O projeto é editado por Carol Pimentel, e conta com trabalhos de Alice Monstrinho, Aline Lemos, Ana Flávia, Ana Maria S. Pereira, Beatriz Miranda, Bel Pardal, Camila Raposa, Clara Lagos, Cris Eiko, Denise Bueno, Fabiane / Miss Tédio, Geovana Held, Giulia Felice, Giulia Garcia, Giulia Lagrotta, Jakie Buchabqui, Julia Tietbo, Lia Harumi, Lila Cruz, Luli Pena, Majory Lissa, Melissa Garabeli, Monique Malcher, Paloma Barbosa, Renata Rinaldi e Vanete Santana-Dezmann.

.

Emília - 100 anos

Sob a luz do arco-íris (formato 17 x 26 cm, 96 páginas, R$ 49,90) é uma coletânea com autores LGBTQ+ editada por Mário Cesar. São 10 histórias abordando situações de preconceito. Drama, humor, realismo e fantasia em uma variedade de traços e estilos que demonstram a força e o talento da diversidade.

Participam do projeto Adri A., Caio Yo, Dika Araújo, Ellie Irineu, Guilherme Smee, Johncito, Luiza Lemos, Mário César, Rafael Bastos Reis, Sasyk e Yuri Amaral. Os apoiadores receberão, gratuitamente, print e um bóton exclusivos. Os 100 primeiros receberão um postal com arte exclusiva e autografado.

Sob a luz do arco-íris

Robert Johnson – O cão da encruzilhada (formato quadrado, 60 páginas, R$ 49,90), com roteiro e arte de Estevão Ribeiro. é um conto fantástico semibiografico, trazendo o mito e a história de Robert Johnson, considerado um dos pais do Blues e a base para o Rock, criado poucas décadas depois. Diz a lenda que o meteórico sucesso e o repentino e gigantesco talento de Johnson foram graças a um pacto com o Diabo.

O cantor também inaugurou o misterioso Clube dos 27, nome dado aos músicos que fizeram fama e morreram aos 27 anos. Além dele, fazem parte artistas como Jimi Hendrix, Curt Cobain, Janis Joplin, Jim Morrison e Amy Winehouse.

Esta será a primeira edição de uma nova série da Skript chamada Vinil com formato quadrado, semelhante aos LPs.

Robert Johnson - O cão da encruzilhada

• Outros artigos escritos por

.

.

.