Spider-Man: Into the Spider-Verse levará Miles Morales para a tela grande

Por Marcus Ramone
Data: 18 dezembro, 2017

Miles Morales é o protagonista da nova animação estrelada pelo Homem-Aranha, Spider-Man: Into the Spider-Verse, cuja estreia nos cinemas acontecerá em dezembro de 2018.

O desenho animado também terá a participação do Homem-Aranha Peter Parker e de Luke Cage, além de outros personagens menos ou mais famosos da Marvel.

Spider-Man: Into the Spider-Verse tem roteiro de Phil Lord (The Lego Movie) e direção de Bob Persichetti, Peter Ramsey e Rodney Rothman.

Assista abaixo ao primeiro trailer da animação, divulgado pela Sony Pictures Entertainment.

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Diogo F.

    Eu nunca entendi essa galera odeia o personagens tanto. Que venha o filme!

  • Não curto o Miles Morales. É só um joguete politicamente correto para angariar mais dinheiro das minorias.

    • Luiz Magno

      Bem, enquanto minoria, posso dizer que o personagem é muito bom.

    • Gu

      Isso não chega a ser ruim, é até algo importante

      mas claro, gosto é gosto, e você não é obrigado a gostar de tudo

  • Henrique Brum

    Personagem é ruim mesmo…ele não veio pra mostrar um aranha diferente, trocar um aranha adulto por um jovem…ele entrou no lugar do Ultimate, que ainda era jovem. Peter era Aranha a um ano e ia começar a treinar com a Shield/vingadores, deram uma morte estupida pro personagem e trocaram pro Miles que era aranha a um ano e ia começar a treinar com a Shield/vingadores. E o elenco de apoio do Miles continuou sendo Tia may/Gwen e cia… foi uma bizarrice pra chamar atenção. Fora que o personagem é um tédio. Foram uns 7 meses pra ele vestir o uniforme, com ele emo chorando as pitanga por ter poderes durante todo o tempo. Identificação zero.

    Maas dito isso, eu acho legal começarem a produzir animações dos personagens Marvel. Gostaria de ver um Aranha adulto estilo anos 90 em animações. Já que ele ainda é criança depois de 7 filmes…Uma animação do Quarteto, dos X-men, seria otimo tb.

    • Tiago Salviatti

      Ao contrário de outros personagens bem construídos da editora como um mercenário falastrão criado por um dos piores autores de toda a história das histórias em quadrinhos e que nem é ‘copia e cola’ de personagem de nome parecido da DC, certo…?
      O Miles nasceu na pior fase do Ultiverso, e curiosamente é o personagem mais interessante a surgir do negócio todo. Ele só precisa de uma chance para ganhar sua própria voz e mostrar-se como um Aranha diferente (como várias outras versões legais como Aranha 2099).

      • Henrique Brum

        que resposta mais estranha…você gosta do Miles, é isso? talvez fosse melhor comentar o que gosta nele já que coloquei minhas impressões do que li do personagem. A mensagem sobre Deadpool tb ficou irônica já que esta reclamando de personagens ‘copia e cola’ enquanto fala bem de personagens ‘versões’, rs. Nem sei pq Deadpool virou assunto mas lembro de ler na Marvel 99 e era bem divertido, o filme tb foi ótimo. os 7 meses esperando o Miles Emorales colocar uniforme, nem tanto.

  • Gabriel

    Tomara que seja bom. O Miles Morales foi a melhor coisa que aconteceu ao Homem Aranha nos últimos anos.

  • Roger

    Gosto do Miles. Acho que foi uma forma de atualizar o personagem no contexto da garotada nova e também de poder criar histórias originais, sem o peso do personagem “Peter Parker”. Aliás, gostei também da morte do Parker no Ultimate. Sinceramente, não vejo mais o que fazer com o Peter sem descaracterizá-lo completamente.

    Por exemplo, a ideia do Homem Aranha Superior é uma droga, mas serviu para vermos os limites do personagem, levar a novas “fronteiras”. O que pode aparecer mais de novidade? Sem surpresa, sem novidades, não há histórias novas. Aos antigos fãs só resta reler as antigas, esperando reencontrar aquela antiga emoção.

    Talvez esse seja o real motivo da Marvel buscar novos personagens pra substituir os antigos. Mais do que buscar representar todas as minorias, é uma forma de não ficar preso nem a um personagem, nem a um ator (se é que vocês me entendem).