“Super Hero”? Só na Marvel e na DC!

Por Sérgio Codespoti
Data: 5 fevereiro, 2004

Super Hero Happy Hour #4A Marvel e a DC detêm, juntas, os direitos da expressão inglesa Super Hero (super-herói, em português).

Apesar de surpreendente, o registro (número 1179067) já é antigo, e data de 24 de novembro de 1981, válido nos Estados Unidos (na classificação Goods and Services IC 016. US 002 005 022 023 029 037 038 050), para produtos e serviços relativos a publicações (particularmente quadrinhos), revistas de modo geral e histórias ilustradas. Mas também engloba outros itens, como material escolar e de escritório, baralhos, papel de carta, cadernos e até álbuns de selos.

O registro pertence, em conjunto, à Marvel Comics Group e à DC Comics Inc., e foi renovado em 18 de agosto de 2002. No dia 18 de dezembro de 2003, as editoras entraram com um pedido para registrar a marca também na Comunidade Européia, no Instituto de Harmonização do Mercado Interno, em inúmeras categorias (áudio, vídeo, material escolar e de escritório, artigos de couro, artigos de casa e cozinha, roupas, brinquedos, jogos, jogos eletrônicos, entre muitos outros).

O assunto veio à baila recentemente, quando Dan Taylor, o autor de Super Hero Happy Hour, publicada pela GeekPunk, anunciou a mudança de nome da revista, pelo fato de o termo em questão pertencer às duas grandes editoras.

No release da GeekPunk, Taylor esclarece que a Marvel e a DC o contataram, explicando que eram detentoras, em conjunto, da expressão Super Heroes (que, neste, caso torna-se marca registrada) e suas variações.

Numa passagem mais ácida do pronunciamento, Taylor diz: “Se isso significa que temos que mudar o título da revista, para que nós, que lutamos na segunda divisão, possamos jogar no mesmo campo com a primeira divisão, então, que assim seja”.

Em virtude disso, Taylor ironizou, dizendo que os leitores que compraram os números já lançados estão de posse, hoje, de um item de colecionador.

Segundo o autor, o novo nome da revista será apenas Hero Happy Hour, já a partir da quinta edição, com arte de Chris Fason. Esta série (inédita no Brasil) possui respeito da crítica americana e aficionados como Brian Bendis, Gail Simone, e Mark Waid. Bem-humorada, mostra o happy hour dos super-heróis em seu Bar & Grill preferido, o The Hideout.

Super Hero Happy Hour foi lançada em janeiro de 2003, e seu primeiro encadernado chegou às lojas dos Estados Unidos em dezembro.

Para este ano estão programados dois lançamentos especiais, o Super Special, contando com a presença de vários artistas convidados interpretando a série; e uma minissérie derivada do conceito original.

No Brasil, há alguns anos, a editora Globo tentou, sem sucesso, adquirir os direitos da palavra “Gibi”.

• Outros artigos escritos por

.

.

.