Vencedores do Prêmio Le Blanc deste ano nas áreas de quadrinhos, animação, ficção e games

Por Lucio Luiz
Data: 26 junho, 2020

O Prêmio Le Blanc de Arte Sequencial, Animação e Literatura Fantástica é realizado desde 2018 como parte da Semana Internacional de Quadrinhos (SIQ), evento acadêmico de quadrinhos organizado pela Escola de Comunicação da UFRJ e pela Universidade Veiga de Almeida.

Esse ano, por conta da pandemia, a SIQ foi adiada, mas o Prêmio Le Blanc foi realizado normalmente.

Os finalistas foram escolhidos por votação popular através da página do prêmio no Facebook, podendo ser escolhidos quaisquer obras nacionais publicadas no ano passado que fossem pertinentes a cada categoria das quatro áreas do prêmio: Quadrinhos, Animação, Ficção e Games.

Após a escolha dos finalistas pela votação popular (divulgados em 28 de abril), um júri especializado formado por três profissionais e/ou acadêmicos de cada área escolheu o vencedor. Para a área de quadrinhos, o juri foi formado pelo jornalista Paulo Ramos, o escritor Nobu Chinen e o professor e pesquisador Waldomiro Vergueiro.

Os resultados finais foram divulgados no dia 20 de junho. Confira abaixo quais foram os indicados e os respectivos vencedores:

Quadrinhos

História em quadrinhos independente nacional favorita publicada em 2019
Vencedor: Found Footage, de Marvin Rodriguez;
– Corenstein – Volume 2 – Como faz para parar?, de Cora Ottoni;
Orixás – Ikú, de Alex Mir.

História em quadrinhos nacional favorita publicada por editora em 2019
Vencedor: Elísio – Uma jornada ao inferno, de Renato Dalmaso (Avec Editora);
A Máscara da Morte Branca, de Alexey Dodsworth e Isaque Sagara (Editora Draco);
Mesa 44, de Rapha Pinheiro (Avec Editora).

Série nacional de tirinhas favorita lançada em 2019
Vencedor: Corenstein – Volume 2 – Como faz para parar?, de Cora Ottoni;
Os malvados, de André Dahmer;
Um sábado qualquer, de Carlos Ruas.

.

Animação

Série de animação nacional favorita lançada em 2019
Vencedor: Irmão do Jorel (Copa Studio);
Ico Bit Zip (Copa Studio);
O (Sur)real Mundo de Any Malu (Combo Estúdio).

Longa animado nacional favorito lançado em 2019
Vencedor: Cidade dos piratas, com direção de direção de Otto Guerra;
– Fujiwara Manchester – O filme, com direção de Alê Camargo;
– Irmão do Jorel – Edição especial alucinante, com direção de Juliano Enrico.

Curta animado nacional independente favorito lançado em 2019 (Festival ou Webcurta)
Vencedor: Carne, de Camila Kater;
Apneia, de Walkir Fernandes e Carol Sakura;
– Sangro, de Tiago Minamisawa, Bruno H Castro e Guto BR;
– Contra-filé, de Pedro Iuá;
– Hornzz, de Lena Franzz.

Animação publicitária ou animação produzida para boradcasting nacional favorita em 2019
– Vencedor: Mulheres fantásticas (Campo 4);
Abertura Éramos 6 (Koi Factory);
Brilhe do Seu Jeito – Bradesco (Publicis Brasil).

Literatura

Romance nacional inédito de fantasia, ficção científica ou terror favorito publicado em 2019
Vencedor: Snowglobe, de Fábio M. Barreto (SOS Hollywood Productions);
– Espíritos de Tormenta – As lâminas ancestrais, de Daniel Jahchan e Andrey Gayo Lima (Editora Astral Cultural);
– A Deusa no Labirinto, de Karen Soarele (Jambô Editora);

Antologia/Coletânea nacional inédita de fantasia, ficção científica ou terror favorita publicada em 2019
Vencedor: Duendes – Contos sombrios de reinos invisíveis, organização de Ana Lúcia Merege (Editora Draco);
– Curtos e Fantásticos, organização de Karen Soarele, Vinicius Mendes, Wesnen Tellurian (Jambô Editora);
– Vilãs – Contos sobre mulheres poderosas e o lado obscuro das histórias, organização de Clara Madrigano (Editora Corvus0).

Games

Game nacional favorito para mobile lançado em 2019
Vencedor: Hoppia Tale (LudicSide);
– CuteParty, por Lucas Carvaho e Renan Vieira.

Game nacional favorito para PC ou console lançado em 2019
Vencedor: Sky Racket (Double Dash Studios);
– Árida: Backland’s Awakening (Aoca Game Lab, Southbox Game Studio);
– Blazing Chrome (JoyMasherThe Arcade Crew);
– Kawaii Deathu Desu (Pippin Games).

Troféu do Prêmio Le Blanc

• Outros artigos escritos por

.

.

.