X-Factor # 259 revela as origens de Shatterstar e Longshot

Por Sérgio Codespoti
Data: 18 julho, 2013
Aviso aos leitores: este artigo lida com fatos recentes do Universo Marvel, divulgados na mídia norte-americana, que ainda são inéditos no Brasil. Por isso, aborda acontecimentos que certamente podem prejudicar o prazer de sua leitura no futuro.

 

X-Factor # 259A revista X-Factor # 259, da Marvel Comics, a terceira parte do arco final do título, The End of X-Factor, foi distribuída ontem, dia 17 de julho.

Nessa história, Peter David revela as origens de Longshot e Shatterstar e a relação existente entre eles. A arte é de Carmen Carnero (embora o nome de Leonard Kirk conste erroneamente nos créditos de capa).

Longshot foi criado por Ann Nocenti e Arthur Adams, na minissérie de mesmo nome que também introduziu o Mojoverso e a personagem Espiral (originalmente, Rita Ricochete). O personagem se juntou aos X-Men em janeiro de 1987, em X-Men Annual # 10. Ele também fez parte dos Exilados e do X-Factor. Durante seu período nos X-Men, estabeleceu um relacionamento com Alison Blaire, mais conhecida como Cristal (Dazzler).

Shatterstar surgiu em 1991, em New Mutants – Volume 1 # 99, numa aventura escrita por Fabian Nicieza e ilustrada por Rob Liefeld. Ele veio do Mojoverso, mas cem anos no futuro do período no qual surgiu Longshot.

Durante o período de Peter David na revista X-Factor, o escritor explorou uma sugestão estabelecida anteriormente por Jeph Loeb, e desenvolveu um romance entre Shatterstar e Rictor. Rob Liefeld se manifestou publicamente contra o fato, dizendo que o personagem deveria ser assexuado. David e o editor-chefe da Marvel Comics, Joe Quesada, defenderam a bissexualidade do herói e história em desenvolvimento.

Simplificando um pouco os fatos, no arco final da série atual, Rictor viaja para o futuro do Mojoverso e descobre que Longshot é um clone modificado de Shatterstar e que, além disso, é o filho de Longshot e Cristal, um paradoxo temporal similar à trama de O Exterminador do Futuro.

Desde julho de 1992 que os escritores sugerem a possibilidade de que Shatterstar seria o filho de Longshot e Cristal (vide X-Men Volume 2 # 10, de Scott Lobdell e Jim Lee). Ao contrário de Longshot, Shatterstar nunca foi um personagem muito original. Apesar disso, tem lá a sua popularidade e seus fãs. Mas será que depois de mais de 20 anos aguardando por uma resposta sobre a relação (forçada) entre ambos, os leitores ficarão satisfeitos com essa história?

Shatterstar

• Outros artigos escritos por

Assuntos Relacionados

.