Zorro em coletânea de tiras contemporâneas

Por Marcus Ramone
Data: 28 junho, 2016

No próximo dia 25 de julho, a editora independente Classic Heroes, da Alemanha, lançará duas coletâneas especiais de tiras do herói mascarado Zorro, reunindo o material da série do personagem publicada nos jornais no período de 12 de abril de 1999 a 15 de abril de 2001.

Zorro – The Dailies and Sundays (The Second Year) dá continuidade à coletânea que a Image Comics publicou com as tiras do primeiro ano da série. O álbum em capa dura traz o segundo ano, com 228 páginas em preto e branco e cada uma das 100 cópias autografadas pelo desenhista Thomas Yeates.

E Zorro – The Complete Dailies and Sunday (capa dura, 448 páginas em preto e branco e coloridas) trará os autógrafos dos autores Don McGregor, Tod Smith e Thomas Yeates nas 50 cópias da edição. A edição compila todos os anos da série.

As duas edições estão em pré-venda no site da editora.

Zorro tira

Zorro tiras 2

Zorro tiras

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Pontada no coração aqui…

  • A Abril podia lançar uma coletânea (capa dura) do Zorro da Disney.

    • Alessandro Souza

      Com certeza. Era do Rodolfo Zalla. Muito bom.

    • O editor da Abril falou esses tempos q a Disney não tinha mais os direitos. Mas uns dois meses atrás, declarou estarem estudando o lançamento em 2017. Alguma mudança está acontecendo aí no que se refere aos direitos e se acontecer, com certeza virão HQs de Rodolfo Zalla, falecido esses dias.

      • Gerson Filho

        Tomara que ocorra alguma mudança, recentemente fiquei ávido por mais material da Raposa!

    • Adriano DeSouza

      No caso do Toth já saiu uma coletanea do Zorro dele nos EUA. No caso seria comprar os direitos direto com a editora que publicou isso lá…

  • Marco1964

    Na minha modesta opinião, a melhor versão em quadrinhos do Zorro é a do mestre Alex Toth.
    A L&PM chegou a publicar um álbum com algumas dessas histórias!
    Vale a pena garimpar nos sebos.

    • Alessandro Souza

      Adoro Alex Tot. Mas eu queria mesmo uma coletânea de capa dura do Mestre Rodolfo Zalla.

    • Mario Latino

      A versão clássica do Zorro, de fato, é a de Toth. O de Zalla é bem sem graça, tecnicamente sem críticas mas lhe falta o elemento estético, a elegância que Toth impus em sua obra. Mais ou menos como comparar o Bond de Connery com o de Roger Moore, Lazenby, Brosnan… Não há comparação.

  • Queria ver por aqui a versão mais recente, que teve até crossover com o Django, do Tarantino :D