100 BALAS # 30

Por Luciano Guerson André
Data: 1 dezembro, 2004


Autores: Brian Azzarello (roteiro) e Eduardo Risso (desenhos).

Preço: R$ 7,90

Número de páginas: 24

Data de lançamento: Julho de 2004

Sinopse: Wylie Times topou se passar por um bandido para participar
de um golpe. Parecia um trabalho fácil, ele e o “Doutor” Dan só teriam
que atravessar um caminhão pela fronteira México-Estados Unidos.

É claro que as coisas só poderiam dar errado. O Doutor foi morto por ladrões
de carga e Wylie parece destinado a ter o mesmo fim.

Enquanto isso, do outro lado da fronteira os bandidos enganados por Wylie
descobriram sua pequena farsa e preparam para ele uma “calorosa” recepção.

Positivo/Negativo: Na terceira e última parte do arco Contrabandolero,
Azzarello, como de praxe, busca um desfecho que foge do óbvio e deixa
diversas dúvidas.

A construção dos personagens é mais uma vez um ponto a ser destacado.
Mesmo os coadjuvantes como Hooper e Angelina ganham a chance de brilhar,
com bons diálogos e caracterizações convincentes.

De modo geral, Contrabandolero é um bom arco, mas não figura entre
os melhores da série. A trama é um pouco morna e faltam os momentos memoráveis
de outros episódios.

A próxima seqüência de histórias, intitulada no original como The Counterfifth
Detective
é bem mais empolgante.

Na parte artística, Eduardo Risso apresenta um trabalho sólido, retratando
pessoas de diferentes etnias, idades e tipos físicos sempre com muita
competência e expressividade.

Vale lembrar que a dupla acabou
de ganhar
o prestigiado prêmio Eisner pela série. Sucesso mais
que merecido.

Classificação:

4,0

• Outros artigos escritos por

.

.

.