Adeus, Chamigo Brasileiro – Uma história da Guerra do Paraguai

Por Sidney Gusman
Data: 3 março, 2001

Adeus, Chamigo Brasileiro – Uma história da Guerra do ParaguaiEditora: Companhia das Letras – Edição especial

Autores: André Toral (Roteiro e desenhos)

Preço: R$ 35,00

Número de páginas: 128

Data de lançamento: Agosto de 1999

Sinopse

A Guerra do Paraguai é um dos mais importantes capítulos da história do Brasil. Nesse álbum, André Toral mostra como esse evento mudou drasticamente a vida de várias pessoas. É interessante notar que o autor cria várias tramas paralelas, alternando o foco da narrativa em vários personagens, de acordo com a trama. No final, ele converge todos para um ponto comum, arrematando a história com maestria.

A sordidez da guerra é mostrada em detalhes. Nordestinos eram “convocados” para o combate, na marra (ou iam ou morriam nas mãos dos policiais); mortes em batalhas sangrentas; e até uma aliança entre dois sobreviventes inimigos – um brasileiro e um paraguaio -, para que ambos pudessem sobreviver.

Positivo/Negativo

Trata-se de um belíssimo trabalho de pesquisa de André Toral. No final do álbum há várias páginas de texto com a história, a iconografia e a cronologia da Guerra do Paraguai. Um adendo fundamental para a melhor compreensão da trama.

Além do mérito de contar um capítulo de nossa história, os desenhos estão belíssimos! Parecem feitos com lápis de cor, efeito conseguido pelo fato de o autor não ter usado nanquim na artes.

De negativo, só o letreiramento. A fonte é apropriada, mas, em várias páginas, sobraram grandes espaços em branco nos balões e recordatórios, comprometendo o visual e deixando um tremendo “vazio” nas artes.

Classificação

4,0

• Outros artigos escritos por

.