Batman # 4 – Abril – Premium

Por Samir Naliato
Data: 6 abril, 2001

Batman Premium # 4Editora: Editora Abril – Revista mensal

AutoresArlequina – Paul Dini (roteiro), Yvel Guichet (desenhos) e Aaron Sowd (arte-final);

Batman e Super-Homem – Kelly Puckett (argumento), Jon Bogdanove (desenhos) e Eduardo Barreto (arte-final);

Mulher-Gato – John Ostrander (argumentos), Jim Balent (desenhos) e Marlo Alquiza (arte-final);

Asa Noturna – Chuck Dixon (argumentos), Scott McDaniel (desenhos) e Karl Story (arte-final);

Batman – Devin K. Grayson (argumentos), Dale Eaglesham (desenhos) e Jaime Mendoza e John Floyd (arte-final).

Preço: R$ 9,90

Data de lançamento: Novembro de 2000

Sinopse

A edição começa com a estréia da Arlequina, cuja origem é parecida com a do desenho animado. Ela é uma estagiária que, em seu primeiro ano no Arkham, conhece o Coringa e acaba se apaixonando por ele. Por isso, facilita suas fugas da prisão, mas acaba sendo descoberta e internada.

Com o terremoto, consegue fugir, rouba uma fantasia e, devidamente trajada, parte para procurar seu “pudinzinho” (apelido carinhoso do Coringa). Arlequina o encontra, mas acaba sendo traída por ele. É achada à beira da morte pela Hera Venenosa, que a ajuda com uma mistura química que a imuniza contra os venenos do lugar e lhe desenvolve a agilidade.

Agora, ela quer vingança contra o Coringa, Batman, e quem mais se meter no caminho.

Na história seguinte, o Super-Homem vai a Gotham para ajudar a população a se recuperar no meio de toda a desgraça da Terra de Ninguém. Mas, apesar do aviso de Batman, ele irá aprender, da pior maneira, que o povo terá que se reerguer por si mesmo, sem a ajuda do kryptoniano.

A revista continua com a Mulher-Gato indo até Nova York para recuperar importantes CDs das empresas Wayne. O curioso é que o próprio Batman pede para ela fazer isso. Mas a tarefa não é nada fácil, já que os objetos estão sendo guardados por uma poderosa equipe de meta-humanos. Um grande desafio para a maior ladra do mundo.

A seguir, vem a continuação da história do Asa Noturna, que tenta recuperar o poder sobre a prisão Black Gate. Ele tem um plano para começar uma rebelião de prisioneiros, mas, antes disso, terá que enfrentar alguns de seus inimigos, que foram pra trás das grades por sua causa.

Por fim, a Dra. Leslie enfrenta um dilema. Seguir com seu trabalho e salvar vidas, ou deixar Zsasz morrer? Contra tudo e contra todos, ela escolhe a segunda opção, e coloca todo o hospital em perigo.

Positivo/Negativo

Nesta edição acontece o tão esperado surgimento da Arlequina, personagem criada por Paul Dini para o desenho animado do Batman e que, devido ao sucesso, acabou ganhando uma versão para os quadrinhos também (e atualmente tem até uma revista mensal nos Estados Unidos).

Os aspectos positivos apontam justamente para essa história, começando pela maravilhosa capa de Alex Ross, que já nos deixa na expectativa para o lançamento do especial Shazam: Power of Hope no Brasil!

O roteiro, escrito pelo próprio Dini, cumpre seu papel, promovendo uma boa estréia para a nova e maluca companheira do Coringa.

Vale comentar também a história com a participação do Super-Homem, que foi uma das que a Abril pulou em Batman # 1; e que acabou saindo nesta quarta edição.

Bogdanove apresenta um traço mais limpo do que o normal, talvez por influência do arte-finalista Eduardo Barreto.

Difícil mesmo é agüentar os desenhos de Balent, que consegue se superar negativamente a cada edição. Ele já deve estar cansado de tanto desenhar a Mulher-Gato. Afinal, há anos não faz outra coisa.

Classificação

3,5

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • lauro roger

    como faço pra comprar esta edicao?