Batman # 41 – Abril – formatinho

Por Marcus Vinicius de Medeiros
Data: 3 março, 2001

Batman # 41Editora: Editora Abril – Revista mensal

Autores: Batman – Alan Grant (argumento), Mark Buckingham (desenhos) e Robert Campanella (arte-final);

Robin – Chuck Dixon (argumento), Staz Johnson (desenhos) e Stan Woch (arte-final).

Preço: R$ 2,50

Data de lançamento: Março de 2000

Sinopse

A história principal, em três partes, mostra a situação do Asilo Arkham enfrentando os resultados do Terremoto e de seu isolamento, com cada vez menos funcionários, dominado pelo caos e sem qualquer ajuda externa, sendo, apesar do esforço constante do Dr. Jeremiah Arkham, gradativamente tomado pelos internos.

Uma rixa entre o Coringa e a dupla Homem de Cera e Cabecinha deixa o ambiente ainda mais inflamado, rumando para uma inevitável fuga dos piores criminosos que o mundo já conheceu.

Na história do Robin, o Menino-Prodígio enfrenta o Encouraçado para resgatar seus amigos capturados e, na escola, como Tim Drake, é apanhado de surpresa por uma tragédia que poderá lhe trazer graves conseqüências.

Positivo/Negativo

A capa da revista, uma pintura foto-realistíca que mostra os principais inimigos do Morcego e tem o Coringa em destaque, é realmente muito bonita, uma das mais apreciáveis em tempos recentes.

O texto de Alan Grant em suas histórias mostra-se eficiente e incisivo, representando o destino do Asilo durante os últimos suspiros de Gotham, sem Batman, sem Comissário Gordon e sem ninguém para ajudar, é tenso, claustrofóbico, despeja um horror crescente num cenário em que a esperança não tem vez frente ao pior da natureza humana. Os vislumbres de redenção e salvamento são cruelmente estilhaçados.

Mas o roteiro falha ao lidar com o conjunto de vilões do Batman, pois, à exceção do Coringa, são todos subutilizados ou usados apenas como papel de parede.

Quanto ao Robin, Dixon nunca esteve tão confortável com seus personagens quanto nas últimas histórias, e suas tramas continuam funcionando nesta em que o clima leve das edições anteriores dilui-se drasticamente.

Classificação

4,0

• Outros artigos escritos por

.

.

.