Batman e Etrigan

Por Carlos Vinícius Marins
Data: 30 março, 2001

BatmanEtrigan Editora: Editora Brainstore – Edição Especial

Autores: Alan Grant (escritor), David Roach (ilustrador) e James Sinclair (colorista).

Preço: R$ 5,90

Data de lançamento: Março de 2001

Sinopse

Antes de mais nada, é bom saber que essa história se passa bem antes das Sagas Terremoto e Terra de Ninguém, que há um bom tempo vêm povoando todas as histórias do Homem-Morcego nessas paragens.

Uma série de assassinatos em Gotham vem tomando a atenção de Batman. As vítimas são evisceradas de forma brutal e estranhos símbolos – que nem o próprio Morcego consegue decifrar a origem – são pintados com o sangue delas nas cenas dos crimes.

Ao lutar contra marginais que pareciam estar praticando o 13º assassinato da série, Batman encontra Etrigan, que revela ao Cavaleiro das Trevas que as mortes fazem parte de um ritual que pretende trazer o demônio Baal do Inferno, para dominar a cidade e devorar todos os seus cidadãos; e que o único modo de derrotá-lo é em sua própria casa – um templo localizado nas entranhas do Inferno.

Juntos, os dois juntos vão empreender essa jornada; e lá o Homem-Morcego vai encontrar velhos conhecidos. Um deles será capaz, inclusive, de fazê-lo chorar.

Positivo/Negativo

É bom saber que as editoras menores estão começando a publicar histórias e sagas das gigantes americanas que nunca chegariam aqui, se dependesse da Abril.

Mas essa é, sem dúvida, uma história menor, que não faria muita diferença se não fosse lançada. Os desenhos de Roach são limitados para as expressões faciais de Etrigan; e o roteiro de Grant tem algumas inconsistências que saltam aos olhos. De qualquer forma, é interessante vermos como Batman se sai no Inferno, lutando com demônios de verdade e passando por verdadeiras provações de fé.

Outro problema é que a editora apela um pouco ao ressaltar que a história é “cheia de referências ao passado recente do Homem-Morcego”. Recente? Há mais de uma década que vimos o confronto de Batman e Etrigan com o demônio Mahakala. O vilão Matadouro morreu há cinco anos e Jason Todd – o segundo Robin – foi “pro outro lado” na década de 80!

Classificação

2,0

• Outros artigos escritos por

.

.

.