BATMAN EXTRA # 2

Por Diego Figueira
Data: 1 dezembro, 2007


Título: BATMAN EXTRA # 2 (Panini
Comics
) – Revista mensal

Autor: Matt Wagner (roteiro e desenhos).

Preço: R$ 5,90

Número de páginas: 72

Data de lançamento: Maio de 2007

Sinopse: Batman e os Homens-Monstro – Conclusão da trama de Matt Wagner com o primeiro encontro do Homem-Morcego com ameaças sobre-humanas, no começo de sua carreira como vigilante.

Batman enfrenta os monstros criado pelo Dr. Hugo Strange, que planeja se vingar dos mafiosos que lhe emprestavam dinheiro para suas pesquisas genéticas, mas cobravam de maneira humilhante.

Além disso, Strange também ameaça Norman Madison, pai da namorada de Bruce Wayne.

Positivo/Negativo: A segunda metade desta saga, publicada como minissérie nos Estados Unidos, é ligeiramente melhor por adicionar ação ao enredo sem tirar o foco do elenco de personagens interessantes. Às vezes, o excesso de recordatórios fica cansativo, mas algumas passagens compensam.

Vale destacar a abordagem do relacionamento entre Bruce Wayne e Julie Madison, que evita cair no clichê da impossibilidade, com o herói se afastando da moça. O milionário realmente se esforça para manter o namoro e esse elemento ajuda o enredo. Especialmente quando ela invade o seu quarto na mansão Wayne justamente depois do Batman ter tomado a que pode ter sido sua primeira grande surra.

Dá até para dizer que houve final feliz, pois os dois continuam juntos.

Por outro lado, Matt Wagner não resiste à tentação de narrar uma nova “origem” para o batmóvel, inclusive com uma piadinha infame da parte de Alfred sobre o nome da máquina. Se ele pretendia que esta história tivesse um lugar entre as melhores que narram o início da carreira de Batman, deveria respeitar o que já foi mostrado anteriormente.

O grande mérito da trama é mostrar Batman com um personagem bem definido, ainda que traga algumas pequenas inovações em sua figura de “bicho-papão”, que aliás caem muito bem para o período em que se passa a história.

Além disso, todos os personagens coadjuvantes são interessantes e bem construídos, bem diferente do que se viu nas revistas mensais do herói nos últimos tempos.

Classificação:

4,0

• Outros artigos escritos por

.

.

.