Berserk # 1

Por Rodrigo A. Machado
Data: 28 novembro, 2014

Berserk # 1Editora: Panini Comics – Revista bimestral

Autor: Kentaro Miura (roteiro e arte).

Preço: R$ 16,90

Número de páginas: 224

Data de lançamento: Agosto de 2014

Sinopse

Guts carrega consigo um arsenal de armas, mas o que se destaca dentre elas é sua enorme espada, capaz de cortar um cavalo ao meio. Apesar de seu armamento, o maior peso que ele carrega é o “estigma”, uma marca em seu pescoço que atrai todo o tipo de espíritos malignos e demônios.

Ao lado do pequeno elfo Puck, que o conheceu em uma de suas lutas (apesar de não parecer ser uma amizade mutua), Guts sai em batalhas contra criaturas malignas em busca de vingança, a princípio matando os denominados apóstolos.

Positivo/Negativo

Quando o leitor tem em mãos este primeiro volume da republicação de Berserk, de cara o que chama a atenção é a qualidade gráfica. Agora em formato tankobon (já que em sua primeira versão, que ainda está em andamento, uma edição japonesa é dividida em duas brasileiras), com o título em destaque em alto relevo e um efeito espelhado nas letras da capa.

A arte do autor também é valorizada devido ao papel superior. O traço nas situações de batalha e aparições de espíritos malignos é “sujo” e escuro, mas em cenários e alguns momentos de calmaria, fica mais “leve” e limpo, destacando a ambientação medieval em que a trama se passa e inserindo o leitor nela.

Um adjetivo que define Berserk é obscuro. Cenas de rituais macabros, sexo e diversas criaturas estranhas e medonhas advindas da criatividade do autor podem surpreender o leitor menos avisado.

As ações e decisões de personagens também são um ponto forte para fisgar a atenção. Berserk retrata a vida de Guts, que passa o tempo todo lutando com seres sobrenaturais e malignos, com seu armamento pesado. Assim, há muitas cenas violentas, como soldados sendo partidos ao meio, ou decapitações com apenas um golpe. Além de situações que podem ser descritas psicologicamente fortes. Como quando uma garota tomada por um espírito maligno após ser morta por um deles, mata seu próprio pai.

E não só por isso a capa traz a recomendação para maiores de 18 anos.

Mas ressalte-se que o mangá não é só pancadaria: existem diversos mistérios sem explicações na trama, que com o tempo vai ficando mais intrigante. Uma delas é como Guts recebeu a marca em seu pescoço e por que ela sangra sinalizando que demônios estão por perto? O que é o objeto estranho denominado behelet?

Enfim, Berserk é um bom mangá, que melhora com o passar das edições. Ótimo ver que as editoras estão investindo também em qualidade, trazendo republicações como esta. Apesar de o preço ser um pouco mais alto, a qualidade está excelente.

Classificação

3,5

• Outros artigos escritos por

.

.

.