BLACK KISS # 2

Por Amalio Damas
Data: 25 junho, 2009

Autores: Howard Chaykin (roteiro e desenhos).

Preço: Cr$ 420,00 (valores da época)

Número de páginas: 32

Data de lançamento: Abril de 1991

Sinopse: Cass Polack se envolve sexualmente com as amigas Dagmar e Beverly, mas em vez de um presente, acaba tendo uma bela surpresa. Fotos comprometedoras o farão ajudar as duas amigas.

Os três gângsteres extremamente violentos que perseguem Cass Polock, também investigam um assassinato ocorrido em circunstâncias estranhas – e torturam e ameaçam alguns dos interrogados.

Durante essa investigação, os bandidos encontram Beverly e Dagmar, que é namorada de um deles.

Enquanto isso, em busca da fita misteriosa de Dagmar e Beverly, Cass Polack tem um tórrido encontro com uma sobrinha.

Positivo/Negativo: A temperatura continua aumentando neste número. Sexo grupal, travestismo, necrofilia, troca de casais em desenhos e textos totalmente explícitos.

Não que isso seja utilizado como pretexto para chamar atenção para a série. Na verdade, tudo é construído de forma natural, embora fuja dos padrões tidos como normais até para quadrinhos adultos. O conteúdo é, na maioria das vezes, pornográfico.

Entre uma transa e outra, Howard Chaykin vai costurando a trama de mistério, que agora envolve também sociedades secretas e a igreja católica, mesmo que em segundo plano.

Apesar da narrativa eficiente, a grande revelação mostrada neste número carecia de uma splash page ou de, no mínimo, uma página inteira.

A impressão está mais nítida e regular que a da edição
anterior
.
Chama a atenção o anúncio da quarta página, divulgando as camisetas produzidas pelo grupo Casseta Popular com frases impressas como: “A terra é redonda, mas o Brasil é chato.”, “Não me assalte! Meu salário sai amanhã.” e “Não respire. Estou fumando.”

 

Classificação:

4,0

• Outros artigos escritos por

.

.

.