Cabeça Oca # 1

Por Marcus Ramone
Data: 22 dezembro, 2014

Cabeça Oca # 1Editora: CMQ – Revista trimestral

Autores: Festinha de aniversário – Júlio Magá (roteiro), Valderi Francisco (desenhos) e Christie Queiroz (cores);

Mariana – Edde Wagner (roteiro), Christie Queiroz (desenhos e cores) e José Wilson Magalhães (arte-final);

Tork tá cocô – Edde Wagner (roteiro), Gustavo Machado (desenhos) e José Wilson Magalhães (arte-final);

Clic! – Edde Wagner (roteiro) e Christie Queiroz (desenhos e cores);

Cabeça Oca – Christie Queiroz (roteiro, desenhos e cores).

Preço: R$ 2,50

Número de páginas: 32

Data de lançamento: Dezembro de 2014

Sinopse

Festinha de aniversário – Cabeça Oca está curtindo sua festa de aniversário quando, na hora de soprar a velinha, é sequestrado por Cronos, o deus do tempo. Aventura em duas partes.

Mariana – A pequena irmã do Cabeça Oca tem uma reação nada amistosa quando sua amiguinha come o seu bolo de lama.

Tork tá cocô – Quem disse que os bonecos de super-heróis só podem ser usados em brincadeiras de luta?

Clic! – Vale até assustar a própria mãe para fazê-la deixar o computador livre.

Cabeça Oca – Em uma tira de três quadrinhos, o hiperativo garoto mostra que é bom de embaixadinhas. Ou não.

Positivo/Negativo

Comemorando 25 anos de vida editorial dedicados exclusivamente às tiras de quadrinhos, Cabeça Oca faz sua estreia como título de um gibi tradicional, protagonizando HQs médias e longas.

O desafio foi superado com sobras. Utilizando a convencional distribuição de histórias longas abrindo e fechando a edição, com outras de uma a quatro páginas entre elas, o gibi mostrou que o Cabeça Oca tem fôlego para superar o limite de poucos quadros.

Para isso, o cartunista goiano Christie Queiroz, criador do personagem, contou com a participação de alguns artistas, formando uma equipe de peso para produzir as cinco HQs e a tira de encerramento desta edição. Dentre eles, os desenhistas Gustavo Machado e José Wilson Magalhães, nomes bastante conhecidos pelos fãs de quadrinhos Disney do Brasil.

O resultado foi um gibi divertido, com desenhos dinâmicos que, para quem está acostumado ao estilo gráfico de Christie, adicionam mais um elemento ao clima de novidade que a revista traz para essa trupe de personagens.

Festinha de aniversário, em que Cabeça Oca celebra seus oito anos de idade cronológica, é o destaque da revista. Sem esquecer os toques de humor, a aventura segue em um ritmo frenético, apresentando ao leitor um possível arqui-inimigo que deverá atormentar o garoto traquina em edições vindouras, e ainda traz citações visuais a Salvador Dali e De Volta para o Futuro.

Completando a edição, uma breve biografia do Cabeça Oca e a evolução visual dos principais personagens da série.

Alguns deslizes gramaticais podem ser encontrados no decorrer das páginas, mas nada que comprometa a compreensão do texto ou tire o prazer da leitura.

Cabeça Oca # 1 é uma boa pedida para o público infantil, a quem a revista é essencialmente direcionada. Mas nada impede os leitores de outras faixas etárias de serem cativados por esta publicação, que consegue despertar a criança presente em todo leitor de quadrinhos.

Classificação

3,5

• Outros artigos escritos por

.