CAPITÃO AMÉRICA & OS VINGADORES SECRETOS # 10

Por Lielson Zeni
Data: 1 dezembro, 2012

CAPITÃO AMÉRICA & OS VINGADORES SECRETOS # 10

Editora: Panini Comics – Revista mensal

O julgamento do Capitão América (Captain America # 615) – Ed Brubaker (roteiro), Butch Guice (desenho), Stefano Gaudiano e Butch Guice com Rick Magyar (arte-final) e Bettie Breitweiser (cor);

Olhos do dragão (Secret Avengers # 10) – Ed Brubaker (roteiro), Mike Deodato (arte) e Rain Beredo (cor);

O problema com John Steele (Secret Avengers # 11) – Ed Brubaker (roteiro), Will Conrad (arte) e Rain Beredo com Sotocolor (cor).

Preço: R$ 6,50

Número de páginas: 72

Data de lançamento: Abril de 2012

 

Sinopse

O julgamento do Capitão América – Bucky fugiu da prisão e foi até a Estátua da Liberdade para enfrentar Pecado e salvar a Viúva Negra e o Falcão. Se ele sobreviver ainda precisará enfrentar o julgamento no tribunal.

Os olhos do dragão – Chegou a hora do ritual em Zheng Zu vai tentar possuir o corpo de seu filho, o Mestre do Kung Fu, mas Steve Rogers e seus Vingadores Secretos tentarão impedir.

O problema com John Steele – Steve Rogers pretende ir fundo na mente de John Steele para saber o que fez com que ele se tornasse um membro do clã das sombras.

Positivo/Negativo

Eis uma edição inteirinha escrita pelo bom roteirista Ed Brubaker, porque o mix deu folga para os Guerreiros Secretos e fez dobradinha de Vingadores Secretos.

Na primeira história, o final do arco do julgamento de Bucky Barnes pelos crimes cometidos como Soldado Invernal. A arte de Butch Guice está muito boa, com competentes composições de página.

Quanto à trama, prepare-se para uma solução tirada da cartola e uma belíssima reviravolta nos últimos quadrinhos, que já prendem esta edição à próxima.

Depois, um desfecho previsível para Olhos do Dragão. O destaque é mesmo a arte de Mike Deodato, que tem um estilo de super-herói de encher os olhos. Mas a maior habilidade do artista é sua composição de página, que mexe nos quadros e nos formatos a favor da narrativa como poucos.

A segunda HQ de Vingadores Secretos é desenhado por Will Conrad, que embora não decepcione os fãs de super-heróis, não tem a mesma pegada na diagramação das páginas.

Já o roteiro de Brubaker é uma mistura de ideia de cientista maluco com ficção científica meia-boca. A coisa até se desenrola bem, mas seu pressuposto é muito bobo: Steve Rogers senta numa cadeira especial criada pelo Fera e consegue passear pelas lembranças de John Steele.

Apesar de algumas escorregadas capazes de incomodar leitores mais atentos, no geral, a revista entrega aquele aventurão de super-heróis meio inconsequente. E, às vezes, é isso que a gente quer, né?

 

Classificação:

4,0

• Outros artigos escritos por

.

.

.