Codename: Knockout # 0

Por Frederico José
Data: 2 junho, 2001
MATERIAL IMPORTADO – INÉDITO NO BRASIL

 

Codename: Knockout # 0Editora: DC Comics

Autores: Robert Rodi (argumento), Louis Small (desenhos) e George Freeman (arte-final). Capa por Joe Chiodo.

Preço: U$ 2,50

Data de Lançamento: Abril de 2001

Sinopse

Angela St. Grace é uma agente secreta da G.O.O.D. (Global Organization for the Obliteration of Dastardliness, em portuguêsOrganização Global para o Extermínio da Safadeza). Sua missão é resgatar seu parceiro gay, Go-Go Fiasco, das garras da organização E.V.I.L. (Extralegal Vendors of Iniquity and Licentiousness, em português Vendedores Ilegais de Injustiça e Imoralidade).

Go-Go vem sendo torturado por seus captores, que querem saber a localização de um microfilme. se Angela não chegar a tempo, ele morrerá afogado.

Positivo/Negativo

Definitivamente, a Vertigo vem tentando achar um substituto para Sandman e Preacher, em termos de popularidade. Codename: Knockout é a mais nova tentativa nesse sentido. Não é uma revista de terror ou de fantasia. É apenas espionagem no melhor estilo “Agente 86 encontra James Bond”.

Esse número 0 pretende apenas introduzir a personagem e o cenário onde rolará a história nos próximos números. Os diálogos são dinâmicos, especialmente se tratando do Go-Go, que não para de falar um minuto, lembrando até o Deadpool.

Angela é linda e infalível, mas é fria demais em certas situações. A personagem usa e abusa do seu (lindo) corpo para se safar dos estonteados guardas. E o desenho de Small não faz jus à sensualidade da personagem.

O autor deve desenvolver melhor os personagens quando a série realmente começar. E tem tudo pra ir longe.

Classificação

4,0

• Outros artigos escritos por

.

.

.