DOCTEUR MYSTÈRE VOLUME 1

Por Tiago Pavinato Klein
Data: 1 dezembro, 2007


Título: DOCTEUR MYSTÈRE VOLUME 1 (Mythos
Editora
) – Edição especial

Autores: Alfredo Castelli (texto) e Lucio Filipucci (arte).

Preço: R$ 12,90

Número de páginas: 48

Data de lançamento: Março de 2007

Sinopse: Os mistérios de Milão – Milão, Itália, anos mil oitocentos e… Docteur Mystère e seu assistente Cigale precisam ajudar uma jovem a encontrar o seu marido, um importante engenheiro desaparecido em meio aos trabalhos de um projeto secreto.

Eles acabam descobrindo planos de uma seita de chineses, escondidos nas catacumbas de Milão.

Positivo/negativo: Um ótimo lançamento para os leitores saudosos das aventuras de Martin Mystère. A história foi lançada originalmente no Almanacco del Mistero de 1998, em formato italiano, depois em cores no formato magazine, em 2003, e nos Estados Unidos pela SAF Comics – de onde veio a edição brasileira.

O Almanacco del Mistero é uma edição anual de Martín Mystère, com quadrinhos e artigos. Docteur Mystère é um personagem literário criado no final do século XIX por Paul D’Ivoi, pseudônimo de Paul Deleutre (1856-1915). Asiático, enigmático, com conhecimento enciclopédico e autor de invenções fabulosas, protagonizou numerosos romances, sempre acompanhado de Cigale, que mais tarde teria histórias solo.

Alfredo Castelli incorporou-o ao universo de seu principal personagem. Cigale, o assistente de Docteur Mystère, é o trisavô de Martin Mystère – eis aí a semelhança física entre os personagens explicada. Na série regular do Detetive do Impossível, o número 175 chama-se Docteur Mystère e apresenta o parentesco dos dois.

O álbum é excelente, no estilo das histórias clássicas de época. Para os leitores de quadrinhos, lembra As Aventuras da Liga Extraordinária, de Alan Moore. O desenho é bonito e a trama, é cheia de citações: Peter Pan, O Fantasma da Ópera, O Corcunda de Notre Dame, Oliver Twist, entre outros que se pode descobrir durante a leitura.

Docteur Mystère – Os Mistérios de Milão é um bom divertimento, com invenções maravilhosas para a época, personagens engraçados e caricatos. O leitor mergulha nas catacumbas de Milão, em uma seita chinesa liderada por Fu Manchu, um poderoso dragão, marxistas, túneis subaquáticos, ilusionismo, ratos inteligentes…

Além disso, pode perceber quem Martin Mystère puxou no seu gosto por belas mulheres: em vários momentos da trama, Cigale segura a sra. B quando esta desmaia. E repare onde vão parar suas mãos na página 32.

A edição é bem cuidada, e no final traz um texto do próprio Castelli contando um pouco dos livros de Paul D’Ivoi.

No Almanacco del Mistero, já foram publicadas várias histórias de Docteur Mystère e Cigale, mas apenas duas, esta e a terceira (A Guerra dos Mundos) ganharam edições coloridas e formato magazine até agora.

A edição # 2, também publicada no Brasil pela Mythos, salta a história de 1999, que se passa no Velho Oeste. Fica a torcida para que as outras histórias também ganhem seus álbuns de luxo e saiam por aqui. Enquanto Martin Mystère não volta às bancas brasileiras, é uma diversão prazerosa com aventuras que lembram o personagem.

Classificação:

4,0

• Outros artigos escritos por

.

.

.