Eden – It’s an Endless World! # 1

Por Rodrigo A. Machado
Data: 21 setembro, 2015

Eden - It’s an Endless World! # 1Editora: JBC – Revista bimestral

Autor: Hiroki Endo (roteiro e arte).

Preço: R$ 39,90

Número de páginas: 424

Data de lançamento: Julho de 2015

Sinopse

O vírus closer se espalha pela Terra reduzindo a população mundial e trazendo o caos, mas Hannah e Enoah são imunes a ele. Apesar disso, não conseguem criar uma vacina 100% eficiente.

Sem qualquer tipo de comunicação, os dois adolescentes acreditam ser os únicos humanos imunes e que seriam a esperança de que a raça humana continue a existir.

Após 20 anos, com a tecnologia e o poder de adaptação dos humanos, as pessoas conseguem conviver com a doença substituindo partes do corpo afetado por peças robóticas. A história segue na América do Sul, onde a guerra tem como objetivo o território e o tráfico de drogas, mas muitos são contra a Propater, organização que já tomou outros territórios.

Positivo/Negativo

O número de mangás em publicação no Brasil aumentou bastante nos últimos anos. Dentre os títulos, dá para contar nos dedos os de ficção científica. Mas, em julho de 2015, a JBC colocou logo dois no mercado, para alegria fãs desse gênero. E um deles é, na verdade, um relançamento: Eden – It’s na endless world!

Quando saiu por aqui, no Japão a série estava em andamento e foi uma dos primeiras publicações de mangás da Panini e acabou cancelado sem o leitor conhecer o seu final. Agora já concluído, Eden retorna em um formato diferenciado, direto para livrarias, com a média acima de 400 páginas compilando dois volumes em um (na versão anterior, cada edição japonesa virava duas nacionais), com capa e papel do miolo de ótima qualidade, além de trazer as primeiras páginas coloridas.

Agora, os tempos são outros, para a sorte do leitor.

O longo prólogo introduz o leitor no universo de Eden após o mundo ser tomado pelo vírus closer. Apesar de as coisas não funcionarem mais como antes, devido ao caos pós-epidemia, o mundo criado por Hiroki Endo primava por uma tecnologia avançada – como se vê nos robôs, meios de transportes e pesquisas avançadas em busca da cura.

E existe uma conspiração por trás dos acontecimentos ligados à doença, com envolvimento da ONU, grupos terroristas e de uma grande organização conhecida como Propater.

A partir do segundo capítulo, a história salta 20 anos no futuro e tem como protagonista o garoto Elijah, que é sequestrado por um pequeno grupo que quer sair do território dominado pela Propater. A organização, a corrupção e o tráfico de drogas infestam a América do Sul.

O autor usa vários flashes do passado dos personagens, para explicar suas reações no presente. Um deles proporciona a melhor sequência de ação deste volume, quando humanos com armas diferenciadas que substituem seus braços tentam impedir a fuga de Elijah de um aeroporto.

E há outras, como uma batalha virtual entre dois hackers que ligam diretamente seus cérebros aos computadores e causam uma verdadeira batalha com mísseis tecnológicos.

A ação é bem dosada com reflexões e pensamentos. Aliás, como o nome sugere, o título traz diversas referências à Bíblia. Há até reflexões interessantes entre os personagens.

A arte de Eden é excelente. Cenários e maquinários bastante detalhados e um design competente dos personagens tornam tudo cada vez mais interessante.

Devido aos flashbacks, convém o leitor prestar atenção para saber quais cenas se passam no passado e no futuro, pois às vezes isso não fica tão claro graficamente. Ainda assim, a leitura flui de forma natural e prazerosa.

Eden merecia uma publicação à altura no Brasil. Enfim ganhou!

Classificação

4,5

• Outros artigos escritos por

.

  • Cristiano Cruz

    Farei isso com Blade! Comprarei após o 5º volume lançado pela JBC. O trabalho da Conrad foi excelente e não pretendo me desfazer das edições que tenho para adquirir novas por um preço absurdo.