Estrada para Perdição # 2

Por Diego Figueira
Data: 19 dezembro, 2008

Estrada para Perdição # 2Editora: Via Lettera – Série em três edições

Autores: Max Allan Collins (roteiro) e Richard Piers Rayner (desenhos).

Preço: R$ 24,00

Número de páginas: 104

Data de lançamento: Julho de 2002

Sinopse

Michael O’Sullivan declarou guerra aos que mataram sua família. Por isso, antes de deixar seu filho em segurança com os tios, ele vai para Chicago para garantir que seus inimigos não tenham ajuda de outros mafiosos.

Em seguida, ele põe em prática um plano para levar os investigadores do FBI aos negócios de Looney.

Positivo/Negativo

Nesta parte da história, o cenário se expande e envolve nomes conhecidos do imaginário sobre gângsteres norte-americanos. Figuras como o mafioso Al Capone e o agente do FBI Elliot Ness ganham grande destaque interagindo com o próprio Arcanjo da Morte.

A mistura de realidade e ficção de Max Allan Collins (veja aqui uma entrevista com o autor) é perfeita. Assim, fica difícil distinguir uma coisa da outra. O próprio narrador, filho do Arcanjo, não consegue fazê-lo – há muito dos fatos e da personalidade do próprio pai que ele não consegue desvendar.

Como resultado, o personagem do pai fica cada vez mais forte. A forma como se comporta diante do menino, sereno e sem alterar o tom de voz, lhe confere um ar nobre e, ao mesmo tempo, trágico, pois o leitor começa a perceber os sacrifícios que ele está fazendo para garantir a segurança do filho.

As cenas de ação também ficam mais intensas, com o talento do desenhista Richard Piers Rayner agora se destacando na narrativa visual. Os movimentos dos personagens são arrojados e os enquadramentos realçam o impacto da ação.

Segundo o roteirista Max Allan Collins, os filmes de ação chineses serviram de inspiração para as cenas de luta.

A edição se encerra com um empolgante gancho para a parte final, com O’Sullivan partindo para um ataque direto aos negócios de Looney.

Classificação

4,5

• Outros artigos escritos por

.

.

.