ESTRANHOS NO PARAÍSO # 1

Por Zé Oliboni
Data: 1 dezembro, 2005


Título: ESTRANHOS NO PARAÍSO # 1 (Editora
Abril
) – Minissérie em três edições quinzenais
Autores: Terry Moore (roteiro e arte).

Preço: R$ 3,50 (preço da época)

Número de páginas: 32

Data de lançamento: Maio de 1998

Sinopse: Conheça Francine, que ama Freddie porque ainda não descobriu que ele só quer transar com ela!

Conheça Katchu, que ama Francine. Além de David, que gosta de Katchu apesar de ela ter ameaçado dar o saco dele pro gato comer.

Positivo/Negativo: Em 1998, foi impressionante e digna de muitos elogios a atitude da Editora Abril de publicar esta minissérie. Apesar de vencedora do Prêmio Eisner e de ser uma obra fantástica, ela é muito diferente do que se espera normalmente de um revista em quadrinhos. Não se trata de uma história de ação, não tem super-heróis e nem situações apocalípticas ou místicas.

Estranhos no Paraíso é uma comédia romântica, que aborda temas polêmicos, como sexo e homossexualidade, de uma forma tão natural que é impossível não se identificar com os personagens.

Nesta primeira edição, além de apresentar as duas personagens principais, já se sente bem o clima da série, um entretenimento leve, muito bem-humorado e com um ótimo ritmo, como se fosse um filme ou um seriado televisivo.

A arte também colabora muito. Terry Moore faz um traço bem econômico nas linhas, ágil, de ótima compreensão e que funciona em preto-e-branco. Abusando das onomatopéias e dos recursos gráficos para dar um tom diferenciado às falas, ele consegue adaptar a narrativa visual de forma a completar e interagir com seus diálogos. Vale a busca nos sebos.

 

Classificação:

4,0

• Outros artigos escritos por

.

.

.