Grandes Heróis Marvel # 6 – Segunda série – formatinho

Por Rodrigo L. Monteiro
Data: 24 março, 2001

Grandes Heróis Marvel # 6Editora: Editora Abril – Revista mensal (último número)

Autores: Homem de Ferro – Kurt Busiek (texto), Sean Chen (lápis), Eric Cannon e Sean Parsons (arte-final);

Capitão América – Mark Waid (texto), Andy Kubert (lápis), Jesse Delperdang (arte-final);

Mercúrio e Vingadores – John Ostrander e Joe Edkin (texto), Derec Aucoin (lápis), Rich Farber (arte-final);

Vingadores – Kurt Busiek (texto), George Perez (lápis), Al Vey (arte-final).

Preço: R$ 3,50

Data de lançamento: Julho de 2000

Sinopse

Os Krees querem vingança contra a humanidade, porque foram seres humanos (os Vingadores) que destruíram a Suprema Inteligência Kree durante a Operação Tempestade Galática.

No entanto, a Suprema Inteligência acabou se transferindo para computadores localizados na área azul da lua. Os Krees refugiados ali se juntaram a ela com o intuito de usar uma arma para transformar os humanos em Neo-Krees e exterminar qualquer um que não fosse um humano puro, ou seja, todos os superseres do planeta.

Acidentalmente, Warbird e o Homem de Ferro descobrem onde é a base de atuações dos Krees na Terra, e começa a guerra.

No primeiro round, Warbird é capturada e levada para um campo de testes Kree – similar aos campos de concentração nazistas – localizado nos Estados Unidos, e pede ajuda ao Capitão América para escapar.

Enquanto o Capitão luta para libertar os cativos, Warbird é levada para a lua, pois seu DNA alterado é fundamental para o sucesso do plano dos Krees. Uma força-tarefa constituída por Mercúrio, o Gavião Arqueiro, Feiticeira Escarlate e Dentinho, o cão teleportador dos Inumanos, é designada para resgatar a heroína.

Isso feito, ela é levada à julgamento na sede dos Vingadores, por ter colocado seus companheiros em perigo durante todas as histórias anteriores. Warbird é expulsa e a equipe partem para a Lua com o intuito de acabar de vez com os planos dos Krees.

Positivo/Negativo

A tão anunciada guerra Vingadores Vs. Krees poderia muito bem se chamar As trapalhadas de Warbird ou Quantas mancadas são necessárias para uma vingadora ser expulsa do grupo?.

Falando sério, O Julgamento de Warbird seria o melhor título para esta edição, já que o conflito Vingadores/Krees é apenas o pano de fundo. Todas as histórias giram em torno da personagem e dos erros que comete devido ao seu alcoolismo.

Mesmo assim, é uma edição acima da média, tanto em argumentos quanto em artes, pois conta com nomes dos excelentes Kurt Busiek, Mark Waid e Andy Kubert, além do novato Sean Chen. Mesmo assim, esperava-se mais de uma edição tão divulgada pelo departamento de publicidade da Abril.

De ruim mesmo, só os pulos cronológicos que se nota, como as edições 5 e 6 de Avengers, que a Abril desconsiderou (a tão falada história do Esquadrão Supremo) e a capa adulterada.

Classificação

4,0

• Outros artigos escritos por

.