Grandes Heróis Marvel # 7 – Premium

Por Marcelo Naranjo
Data: 3 março, 2001

Grandes Heróis Marvel # 7Editora: Editora Abril – Revista mensal

Autores: O Justiceiro – Garth Ennis (argumento), Steve Dillon (desenhos), Jimmy Palmiotti (arte-final) e Chris Sotomayor (cores); Vingadores Eternamente – Kurt Busiek (roteiro), Carlos Pacheco (desenhos), Jesús Merino (arte-final) e Steve Oliff (cores); O Poderoso Thor – Dan Jurgens (argumento), Lee Weeks & Klaus Janson (arte) e Gregory Wright (cores); Quarteto Fantástico – Chris Claremont & Salvador Larocca (roteiro e desenhos), Anthony Williams (arte- final) e Liquid! (cores); Thunderbolts – Kurt Busiek & Mark Bagley (roteiro e desenhos), Scott Hanna (arte-final) e Joe Rosas (cores); Homem de Ferro – Kurt Busiek (roteiro), Patrick Zircher (desenhos), Larry Mahlstedt e (arte-final) Steve Oliff (cores); O Incrível Hulk – John Byrne (texto), Ron Garney (desenhos), Dan Green (arte-final) e Steve Buccellato (cores)

Preço: R$ 9,90

Data de lançamento: Fevereiro de 2001

Sinopse

Justiceiro – Os bandidos querem caçar o Justiceiro, em busca de vingança. Coitados! De quebra, surge um padre que absolve as almas dos pecadores de maneira pouco ortodoxa: O Santo!

Vingadores Eternamente – Segue a guerra, na tentativa de evitar que Rick Jones seja assassinado por Immortus. Diversos Vingadores, de épocas diferentes, são convocados para formar a equipe perfeita, porém, como fazer isso se os heróis chamados não estão no auge do seu poder? Um Capitão América perturbado e um Jaqueta Amarela sofrendo de distúrbios mentais são apenas alguns dos problemas que a equipe terá que encarar, se quiser vencer essa batalha.

Thor – Mjolnir ficou preso na parede de um prédio e, numa reedição da lenda da espada Excalibur, todos tentam erguer o martelo do herói! Enquanto isso, Thor está com problemas, preso no corpo de Jack Olson, acusado de ser um traficante. Para complicar, os encantadores estão de volta, e querem a vida de Odin e seu filho. Esta pode ser a última aventura do Deus do Trovão!

Quarteto Fantástico – Presos em corpos que não os seus, nossos heróis precisam de sorte e astúcia para sobreviver nas ruas de Genosha. Não será fácil.

Thunderbolts – O Gavião Arqueiro quer liderar a equipe e, para provar que é capaz disso, provoca uma luta contra os Thunderbolts. Soprano não aceita a idéia e foge, arrumando problemas para a equipe.

Homem de Ferro – Um ferido e determinado Tony Stark tenta deter a Máquina de Combate, mas nem com a ajuda de Warbird isso parece ser possível. E a armadura que tantas vezes salvou a vida do executivo, pode agora ser a causa da sua morte!

O Incrível Hulk – Como um trem desgovernado, o Hulk provoca destruição em massa no interior dos Estados Unidos. E, aparentando satisfação, ele ameaça tirar a vida de inocentes! O que está acontecendo com o gigante esmeralda?

Positivo/Negativo

Destaque para a história do Hulk, que, como antigamente, volta a provocar destruição em larga escala. Ponto para John Byrne! Outra que merece elogios é a continuação da matança de bandidos pelo Justiceiro, sem dó nem piedade. No final, um texto do roteirista Garth Ennis, pedindo para não levarmos o anti-herói muito a sério.

Nos Vingadores, o roteiro fica um pouco confuso para quem não conhece o passado dos heróis. Thor continua com histórias interessantes, assim como o Homem de Ferro. De resto, Busiek parece estar sobrecarregado de títulos, e isso está refletindo na qualidade dos Thunderbolts, que estão cada vez mais “convencionais”. Já no Quarteto Fantástico, temos um interlúdio sem muitos atrativos, antes da batalha final contra o Labareda.

Classificação

3,0

• Outros artigos escritos por

.