GUERRA SECRETA # 1

Por Zé Oliboni
Data: 1 dezembro, 2005

Título: GUERRA SECRETA # 1 (Panini
Comics
) – Minissérie em três edições mensais
Autores: Brian Michael Bendis (roteiro) e Gabrielle Dell´Otto (arte).

Preço: R$ 5,90

Número de páginas: 48

Data de lançamento: Outubro de 2005

Sinopse: Durante décadas, Nick Fury e a SHIELD protegeram o mundo de todo tipo de ameaça. Agora, uma nova conspiração está em andamento… e ninguém vai fazer nada a respeito.

Disposto a arriscar seu cargo e a própria vida para evitar que inocentes sejam sacrificados em nome de interesses políticos, Fury reúne um exército de super-heróis para travar uma batalha jamais imaginada. Uma verdadeira…Guerra Secreta!

Positivo/Negativo: A primeira impressão que se tem ao ler o título desta revista é que terá alguma correlação com a minissérie de 1984, Guerras Secretas, ou suas posteriores continuações. Felizmente, elas não têm nenhuma conexão aparente, pelo menos ainda.

Esta é uma excelente história de espionagem contada em dois tempos, ao melhor estilo de Bendis.

O leitor acompanha duas histórias paralelas, uma operação secreta promovida por Fury contra a nova governante da Latvéria, sob o pretexto de que ela estaria financiando supercriminosos para um futuro ato terrorista; e um misterioso ataque contra Luke Cage, que foi um dos “convidados” do chefão da SHIELD nessa Guerra Secreta.

Além da ação e do suspense, o que marca a história são os diálogos de Bendis, com seu humor peculiar, como a fala de Cage quando chega à Latvéria: “A população negra do país acabou de aumentar 150%”.

A principal crítica que se pode fazer até o momento foi a forma como Wolverine foi retratado. Logan se comporta como um bêbado chato (será que seu fator de cura permitiria isso?), e não o velho ranzinza a que os fãs estão acostumados.

A arte de Gabrielle Dell´Otto é um espetáculo à parte. Não só seu traço é bem feito, como o trabalho de cores está fantástico. A mistura de técnicas que ele usa e o tom sombrio que escolheu para a série são uma combinação perfeita para a história que está sendo contada.

 

Classificação:

4,0

• Outros artigos escritos por

.

.

.