He-Man and The Masters of The Universe # 15

Por Valter F. Viana
Data: 22 março, 2013

He-Man and The Masters of The Universe # 15Editora: Abril – Revista mensal

Autores:

A estrela de Zal Kron – Watson Portela (arte), roteirista não creditado;

O demônio Antieternia – Luiz Aguiar (argumento) e Rodolfo Zalla (arte).

Preço: Cz$ 8,00 (preço da época)

Número de páginas: 48

Data de lançamento: Março de 1987

Sinopse

Na primeira história, Esqueleto tenta roubar o poder de uma estrela (que mais parece um cometa), mas acaba se dando mal.

Na segunda aventura, Esqueleto invade os domínios de Granamir, juntamente com o inimigo mortal do Dragão, o Demônio Tricéfalo (nunca mostrado no desenho animado). E He-Man terá que deter seu inimigo.

Positivo/Negativo

Depois de publicar um material péssimo por 12 edições, a revista estreou, no numero # 15, HQs produzidas no Brasil, com arte e histórias fieis ao desenho animado.

He-Man, Teela, Mentor, Esqueleto e Granamir participam das duas aventuras desta edição, que foi publicada em 1986, e cuja primeira aventura foi desenhada por Watson Portela, com um traço bastante fiel ao desenho animado.

A trama é simples, retratando a luta entre o bem e o mal de forma bastante inocente.

A segunda aventura, desenhada pelo mestre do terror Rodolfo Zalla é ainda mais pueril, tanto em traço, quanto em argumento. Mas diverte por trazer uma versão nacional do herói que alegrava a garotada na TV. E, no final, deixa um gancho interessante, pois quando He-Man liberta Granamir, o Esqueleto desaparece.

Esta revista cumpria o seu papel, de retratar as aventuras do defensor de Etérnia para o seu público da época, a garotada de 8 a 10 anos.

E o interessante é que, nas edições seguintes, o traço de Watson Portela ficaria mais solto, dando a esses ícones das crianças da década de 1980 formas mais estilizadas. Ele e outros artistas nacionais dariam aos Mestres do Universo um quê de brasilidade em suas histórias.

Classificação

3,0

• Outros artigos escritos por

.