Hora de Aventura # 1

Por Cássio Peixoto
Data: 13 dezembro, 2013

Hora de Aventura # 1Editora: Panini Comics – Revista mensal

Autores: Ryan North (textos), Mike Holmes (desenhos) e Studio Parlapà (cores).

Preço: R$ 6,50

Número de páginas: 32

Data de lançamento: Setembro de 2013

Sinopse

Uma revista de quadrinhos e atividades para crianças, com os personagens do desenho animado. Jake e Finn vivem uma aventura em uma Terra paralela.

Positivo/Negativo

Chegou às bancas em setembro, pelo selo Painini Kids, em parceria com o canal Cartoon Network, a revista oficial do desenho animado Hora de Aventura. A adaptação era uma questão de tempo, tendo em vista o sucesso estrondoso da série entre crianças e adultos.

A Panini tem acertado a mão nas revistas especializadas para crianças. Antes dessa empreitada, as adaptações de personagens da Marvel e da DC para publicações de atividades mostraram nos últimos meses que a decisão em apostar nesse nicho de mercado foi acertada.

O “problema”, ênfase nas aspas, é que muitos adultos que cultuam o desenho certamente estranharão a edição. Afinal, Hora de Aventura é apresentada como uma revista de atividades que contém uma história em quadrinhos. A edição é bem cuidada e os “passatempos medonhos”, os “desafios algébricos” e os “enigmas irados” anunciados na capa mostram que o foco é o público infantil, da animação da TV.

Há ainda páginas para colorir, cruzadas, caça-palavras e até um espaço que era comum nas revistas da década de 1980: o “vamos desenhar?”. E com um endereço para postagem nos correios, o que, em tempos de internet e emails, é algo tão legal quanto difícil de ver.

A HQ tem até uma capa diferente e, embora contenha um aviso de que “não pode ser vendida separadamente”, não dá ao leitor a sensação de que ali existe outra revista. Mais se parece – e é essa a ideia que a criança tem – com uma grande interrupção de seus passatempos.

A trama não difere das vistas no Cartoon Network. O mesmo texto e roteiro surreais e divertidos de sempre. Jake e Finn disputam um bolo de caneca, e correm até onde as suas vistas alcançam em linha reta para ganhar a guloseima.

Durante a “jornada”, os dois descobrem uma Terra paralela e encontram até um amálgama de suas personalidades. Ao descobrir a sua contraparte, os heróis trombam também com versões diferentes de seus amigos e inimigos. Diversão garantida para a garotada e a mesma pegada da TV para a HQ.

Se o objetivo da Panini era conquistar os pequenos leitores, está no caminho certo. Mas se quiser atingir os adultos fãs da animação, talvez a saída seja uma outra publicação.

Classificação

4,0

• Outros artigos escritos por

.