Huck

Por Gustavo Nogueira
Data: 20 dezembro, 2019

HuckEditora: Panini Comics – Edição especial

Autores: Mark Millar (roteiro) e Rafael Albuquerque (desenhos) – Originalmente em Huck # 1 a # 6 (tradução de Mariana Naime).

Preço: R$ 48,00

Número de páginas: 144

Data de lançamento: Maio de 2018

Sinopse

Huck é um jovem superpoderoso de uma fazenda, que usa suas habilidades para fazer o bem e ajudar o próximo na pequena cidade em que vive.

Em troca, seus vizinhos mantêm os poderes dele em segredo. Mas, quando uma notícia vaza para a mídia, Huck viverá uma aventura sobre família, poderes e cientistas russos.

Positivo/Negativo

Sim, é o Superman de Millar e Albuquerque. O roteirista que marcou seu nome com a versão soviética do Superman, apresenta uma versão ainda mais pessoal e livre do Homem de Aço, por estar em seu próprio selo, o Millarword.

Mark Millar é um roteirista competente, e sabe como entregar uma história divertida e leve. Em Huck, o autor passeia com tranquilidade e diversão na visão de um cara simples, que é heroico ao fazer a vida de seus vizinhos e amigos mais feliz, com bondades diárias.

O roteiro segue o modelo padrão de transição do protagonista de seu lugar-comum para enfrentar o mundo externo e seus desafios, mas se diferencia ao manter o herói com o seu mesmo olhar. Huck busca enfrentar seus conflitos sendo um homem comum, sendo mais Clark Kent e menos Superman.

O autor apresenta um cenário de história clássica de herói, com direito a cientistas loucos de origem estrangeira com planos de dominação. Uma clássica aventura do Superman. Huck, acima de tudo, busca ser um Homem de Aço “raiz”. Como o próprio já disse em um artigo: uma resposta ao filme Homem de Aço.

O que faz a obra brilhar é a arte de Rafael Albuquerque, com a colorização de Dave McGaig. O desenhista brasileiro se destaca ao trazer emoção real aos personagens e traços delicados, principalmente nas feições. É fácil o leitor se identificar com os moradores da pequena cidade, mesmo com simples coadjuvantes.

A colorização de McGaig tem grande importância por ser a única ferramenta para criação de cenários em diversos momentos da HQ, o que é feito de forma primorosa e apresenta algumas das cenas mais bonitas do álbum.

É importante salientar que esta é uma das primeiras HQs lançadas no Brasil com o selo da Netflix, pois os direitos do Millarworld foram comprados pela gigante do streaming.

Huck é uma história para ler tranquilamente e deixa um sorriso no rosto. Nada surpreendente ou revolucionário, só uma boa história do Superman.

Classificação:

4,0

.

Compre este quadrinho aqui!

• Outros artigos escritos por

.

.

.