LUCIANO(A)

Por Mário César
Data: 1 dezembro, 2006


Título: LUCIANO(A) (Via
Lettera
) – Edição especial
Autores: Primaggio Mantovi (roteiro) e Fernando Bonini (desenhos).

Preço: R$ 22,00

Número de páginas: 64

Data de lançamento: Janeiro de 2005

Sinopse: Luciano tem sua vida virada de pernas para o ar quando se transforma de uma hora para outra na bela Luciana.

Positivo/Negativo: À primeira vista, o enredo de Luciano(a) parece ter saído de um filme de sessão da tarde, mas é uma grata surpresa pela forma como seus veteranos autores conduzem a história.

Mantovi (Recruta Zero, Meia-Noite, entre tantos outros trabalhos) atua com quadrinhos desde a década de 1960 e sabe bem o que faz. A influência da Disney é bastante clara e, por isso mesmo, chega a surpreender a naturalidade com que o texto trata a sexualidade de Luciano.

Além dessa naturalidade, outro ponto positivo é o fato de Mantovi fugir de pieguices e falsos intelectualismos. Ele aposta no bom humor, dá profundidade aos personagens e deixa a história leve e agradável.

O único porém fica por conta de um desfecho um tanto novelesco, mas que se encaixa dentro da proposta e não chega a comprometer o resultado final.

Se o roteiro é bom, a arte é um colírio. Bonini foi um dos principais desenhistas da Disney no Brasil. Essa influência permeia todo o álbum, mas vai além da mera cópia.

Ele usou uma linha fina deixando seu traço muito elegante, além de ter trabalhado com competência volume e profundidade. Os requadros são bem detalhados e guardam muitas surpresas nos planos de fundo, mas sem poluir ou comprometer a narrativa.

Há, inclusive, várias homenagens. Aparecem: Luluzinha e Bolinha adolescentes; o Gordo e o Magro; o palhaço Sacarolha; o próprio Mantovi; Watson Portela entre outros amigos e colegas de profissão. Infelizmente, Bonini faleceu em outubro de 2005. Fica seu legado.

A edição da Via Lettera é bem cuidada. Contudo, o preço é um pouco salgado para um álbum de 64 páginas, ainda mais em preto-e-branco. Uma breve introdução à biografia e à extensa carreira de seus autores também não faria mal algum.

 

Classificação:

4,0

• Outros artigos escritos por

.

.

.