MARIAZINHA EM VERSO & PROSA

Por Sidney Gusman
Data: 1 dezembro, 2008


Autores: Claudia Gomes (roteiro) e Fábio Turbay (desenhos).

Preço: R$ 12,00

Número de páginas: 64

Data de lançamento: Maio de 2008

Sinopse: Mariazinha gosta de um monte de coisas. Um monte mesmo. Doce quebra-quebra, borboletas, cachorro quente com molho shoyo. Mas o que mais gosta, de verdade, é poesia.

E essa menina órfã, criada pelos avós, faz do seu dia-a-dia uma constante e divertida homenagem à literatura.

Positivo/Negativo: Pela descrição acima, alguém pode pré-julgar Mariazinha em verso & prosa como uma bobagem. Afinal, em quadrinhos a poesia não costuma funcionar bem. Mas quem fizer isso perderá a chance de ler um trabalho muito divertido e inteligente.

A jovem (tem apenas 23 anos) poetisa Claudia Gomes acerta a mão a cada tira. Há, sim, passagens com menções a poemas e a atores famosos, como Carlos Drummond de Andrade, Castro Alves, Machado de Assis, Mario Quintana, Vinícius de Morais e outros. Mas todas permeadas de bom humor e mostradas sob um olhar de uma criança. E ainda tem espaço para seqüências hilárias com os avós da personagem principal.

O que mais encanta nas tiras de Mariazinha é a busca incessante da poesia no mundo, na realidade que cerca a menina. São diversas passagens normais do cotidiano infantil, como dificuldades na escola, problemas na aula de natação, “guerrinhas” contra os meninos, viagens de férias, festas à fantasia (ela vai de Castro Alves!) e outras. E é justamente aí que a habilidade da autora se sobressai, ao misturar homenagens, citações e poemas e ainda arrancar sorrisos do leitor.

Quem contribui bastante para esse êxito é Fábio Turbay, ex-Revista Quase, que compreendeu bem o foco da tira. Seu desenho pode ser classificado com três adjetivos: simples, expressivo e engraçado. É o necessário para esta mídia.

O livro foi impresso com o apoio da lei Rubem Braga de incentivo à cultura, da Prefeitura Municipal de Vitória, com apoio da Gráfica Espírito Santo. Na capital capixaba é possível encontrá-lo em várias livrarias, mas quem é de outros estados e quiser adquirir um exemplar pelo correio (o valor é o mesmo), basta escrever escreva para fabioturbay@hotmail.com.

Mariazinha não apenas tem potencial para ser publicada em jornais de todo o Brasil, como também para ser utilizada em livros didáticos. Em verso, prosa e bom humor.

Classificação:

4,0

• Outros artigos escritos por

.

.

.