MARVEL ESPECIAL # 15 – THOR – A ERA DO TROVÃO

Por Diego Figueira
Data: 8 setembro, 2009


Autores: Thor – Dias de trovão – Matt Fraction (roteiro), Patrick Zircher e Khari Evans (desenhos);

Thor – Reino de sangue – Matt Fraction (roteiro) , Patrick Zircher e Khari Evans (desenhos);

Thor – O senhor da guerra – Matt Fraction (roteiro) e Clay Mann (desenhos);

O que aconteceria se Thor fosse arauto de Galactus? – Robert Kirkman (roteiro) e Michael Avon Oeming (desenhos).

Preço: R$ 15,90

Número de páginas: 144

Data de lançamento: Novembro de 2009

Sinopse: Thor – Dias do trovão – Muito antes de Thor ser enviado à Terra para viver entre os mortais, antes até de Heimdall se tornar o guardião da ponte do arco-íris, um ataque de gigantes do gelo destrói a muralha de Asgard.

Após a batalha vencida pelos asgardianos, um pedreiro de Midgard se apresenta oferecendo para reconstruir a muralha em troca da mão da bela Encantor. Mas tudo pode ser um truque para levar a uma vingança contra os deuses.

Thor- Reino de sangue – Vários ciclos do Ragnarok depois, novamente os deuses de Asgard despertam o desejo de vingança de um gigante do gelo. Embora a inimiga tenha sido derrotada, ela provoca a discórdia entre Odin e Encantor, que lança um terrível feitiço sobre Midgard.

Cabe ao Deus do Trovão livrar a terra dos mortais do castigo imposto por Encantor.

Thor – O senhor da guerra – Após ter sido desobedecido pelos homens de Midgard, o jovem e arrogante Thor lança sua fúria desmedida contra todos os nove reinos e faz Odin, soberano de Asgard, tomar uma atitude drástica contra seu próprio filho.

O que aconteceria se Thor fosse arauto de Galactus? – Numa outra realidade, a entidade cósmica Galactus surge sobre Asgard para saciar sua fome à custa da vida de seus habitantes.

O poderoso Thor coloca-se diante da criatura, que faz dele seu arauto para encontrar mundos que lhe sirvam de alimento. Mas o Deus do Trovão, de coração nobre, logo demonstra querer levar Galactus para longe de planetas civilizados.

Positivo/Negativo: Esta edição reúne quatro especiais do Deus do Trovão publicados separadamente nos Estados Unidos. Os três primeiros são escritos por Matt Fraction, roteirista que vem ganhando espaço na Marvel recentemente.

A ideia de explorar o passado de Thor antes de ser enviado à Terra para viver como mortal não é nova. Já rendeu, inclusive, uma das melhores minisséries do personagem, Loki, na qual, curiosamente, o Deus do Trovão é coadjuvante.

Fraction escolheu um mote interessante: apresentar o caráter de Thor com os motivos que levaram seu pai, Odin, a tomar a decisão de puni-lo com o exílio entre os mortais. Assim, o que se mostra é um Deus do Trovão arrogante e selvagem, que faz pouco caso de seus próprios companheiros de Asgard.

O roteirista conduz a trama como uma lenda viking, com narração em terceira pessoal marcada por um estilo grandiloquente e uma linguagem arcaica. A compilação feita pela Panini, nesse ponto, ajuda. Assim como nas narrativas folclóricas e novelas de cavalaria, um aventura leva à outra e lê-las em sequência deixa tudo mais interessante.

O quarto especial, da linha O que aconteceria se…?, destoa do restante da edição, não tanto pela falta de ligação com o enredo ou pelo estilo de arte completamente distinto, mas por não apresentar a mesma caracterização do Deus do Trovão.

Ainda assim, não compromete o todo da revista. Comparando com outras histórias desta linha da Marvel em anos recentes, o trabalho de Kirkman e Oeming fica acima da média.

Com mais esta edição, Marvel Especial mostra-se um título forte, com histórias bem melhores que suas irmãs mensais. Poderia-se dizer que esta série de especiais de Thor merecia até uma tratamento gráfico mais caprichado e luxuoso.

Com certeza, seria justo, mas ter um material dessa qualidade em um título regular e com preço mais acessível também é digno de louvor.

 

Classificação:

4,0

• Outros artigos escritos por

.

.

.