MARVEL MILLENNIUM – HOMEM-ARANHA # 32

Por Zé Oliboni
Data: 1 dezembro, 2004


Autores: Homem-Aranha – Brian Michael Bendis (roteiro) e Mark Bagley (desenhos);

X-Men – Brian Michael Bendis (roteiro) e David Finch (desenhos);

Os Supremos – Mark Millar (roteiro) e Bryan Hitch (desenhos);

O Sexteto – Brian Michael Bendis (roteiro) e Joe Quesada (desenhos)

Preço: R$ 6,50

Número de páginas: 96

Data de lançamento: Agosto 2004

Sinopse: Homem-Aranha – Um drama interessante sobre May Parker e sua relação com seu sobrinho.

X-Men – Wolverine, Demolidor e Homem-Aranha em uma verdadeira guerra na Cozinha do Inferno.

Os Supremos – A espetacular conclusão da batalha contra os Chitauri.

O Sexteto – Prelúdio da nova minissérie do Ultiverso,

Positivo/Negativo: Tanto Bendis como Bagley se superaram nesta edição. Em uma história praticamente sem ação, a dupla conseguiu definir a Tia May Ultimate por meio de diálogos afiados e expressões bem trabalhadas.

A nova versão de May Parker se mostrou uma personagem bem mais interessante e complexa do que a original, cuja única função era ser uma fonte de preocupação para Parker, devido à sua delicada saúde. Finalmente, deram a ela o tratamento que merecia.

A saga de Wolverine continua mantendo todo o mistério, sem dar idéia alguma do que está acontecendo. O grande astro deste número foi o Demolidor, que se mostrou um herói realmente do povo, preocupado não com os grandes eventos, como a maioria, mas sim com o reflexo desses eventos na vida das pessoas comuns.

Um grande final para Os Supremos. Depois de um arco que ficou um tanto confuso devido aos seus atrasos nas edições americanas, o supergrupo liderado pelo Capitão América vence a batalha contra os alienígenas.

O destaque da história é a aparição do Hulk, que se firmou como a versão libidinosa, ciumenta e machista de Bruce Banner, o que aparentemente conseguiu excitar Betty Ross. Os desenhos das batalhas estão espetaculares.

O rápido preview de O Sexteto mostrou que o editor-chefe da Marvel ainda desenha muito bem. Esta série promete.

Classificação:

4,0

• Outros artigos escritos por

.

.

.