Moschitto

Por Isabelle Felix
Data: 19 agosto, 2016

MoschittoEditora: Fictícia – Edição especial

Autores: Claudia Senlle (texto) e George Schall (arte).

Preço: R$ 24,00

Número de páginas: 72

Data de lançamento: 2013

Sinopse

Uma família de mosquitos mafiosos italianos perde um de seus entes queridos e jura vingança.

Positivo/Negativo

Um bom termômetro para afirmar que o cenário de quadrinhos brasileiros está indo bem é quando até uma obra sobre mosquitos é lançada, e é boa.

O trunfo de Moschitto não está em ser uma HQ sobre pernilongos contra humanos, ou por ser uma comédia, ou ter uma arte que agrade tanto aos olhos. Mas por tratar de um assunto banal e cotidiano.

Quem nunca teve que passar pelo menos uma mísera noite (ou dia) na companhia de pernilongos? Ouvindo aquele zunido insuportável ou coçando até ferir uma região do corpo picada? E tentou, falhando miseravelmente, de todas as formas possíveis e imagináveis, exterminar essa raça tão odiosa?

Mas e se eles tiverem uma razão para o ataque?

E se fizessem parte de uma família, mas não qualquer uma, e sim de uma mafiosa italiana?

E se alguém matasse, a sangue-frio, o querido caçulinha? Pior: com crueldade e desdém. Bem, ao menos para eles… Para um humano, foi da maneira mais mundana possível: esmagando o bicho na pia do banheiro.

Este é o gatilho para o desenrolar de uma engraçada e cativante história de guerra travada entre um humano e mosquitos. Dividida em cinco capítulos mais um epílogo, esta tragicômica narrativa dá uma boa razão para se criar uma empatia pelos insetos. Não que necessariamente ela venha a ser acatada…

Para contribuir com a trama, a arte de Moschitto  tem movimento e som. E para deixar a HQ mais charmosa, são utilizadas apenas três cores: preto, branco e vermelho, este último, em momentos especiais.

A narrativa também é diferenciada, pois praticamente não há o uso de balões. Isso só ocorre em raros momentos, e sempre em italiano, dando um toque “Corleone” para a história.

Lançada pelo selo independente Fictícia, em formato 17,5 x 25 cm, capa cartonada e papel pólen, Moschitto pode ser adquirida em algumas gibiterias ou em eventos de quadrinhos. Trata-se de um álbum que atrai pela capa e conquista pelo conteúdo.

Classificação

4,0

• Outros artigos escritos por

.