O livro das mentiras

Por Marcus Vinicius de Medeiros
Data: 31 outubro, 2014

O livro das mentirasEditora: Planeta – Romance

Autor: Brad Meltzer

Preço: R$ 49,90

Número de páginas: 352

Data de lançamento: 2010

Sinopse

Após um atentado contra a vida de seu pai, Calvin Harper é envolvido numa investigação ligando a história bíblica de Caim e Abel ao assassinato do pai de um dos criadores do Superman.

Agora, ele precisa lutar para sobreviver enquanto tenta desvendar o enigma.

Positivo/Negativo

Uma cena decisiva do romance O livro das mentiras, assinado pelo versátil Brad Meltzer, é passada na casa em que Jerry Siegel deu forma à lenda do Superman – território “sagrado”, segundo um personagem.

Esse encontro de um fenômeno da cultura pop com elementos místico-religiosos dá o tom à obra de suspense e mistério de um dos grandes expoentes do gênero. O livro relaciona a tragédia bíblica de Caim e Abel ao caso nunca explicado da morte do pai de um dos criadores do Homem de Aço, investindo em conspirações arcanas e sucessivas reviravoltas.

É válido notar como o super-herói que iniciou uma era repercute de tal forma, que inspirou toda uma mitologia no mundo real, mas encontra-se ele próprio envolto em tramas históricas dignas de nota.

Neste caso, Meltzer pesquisou detalhes e conseguiu elaborar uma teia intrincada de realidade e fantasia, em que nada é o que parece e as situações se transfiguram a cada segundo.

O escritor que conquistou fãs de quadrinhos em suas passagens pelas revistas do Arqueiro Verde e Liga da Justiça, além da bombástica minissérie Crise de Identidade, sempre foi um entusiasta dos gibis de seres superpoderosos, povoando seus livros com referências inusitadas.

Mas O livro das mentiras constitui a primeira vez em que coloca sua paixão no cerne da narrativa. Ele costuma escrever thrillers com panos de fundo bem pesquisados, numa linha próxima à de nomes como John Grisham e Dan Brown.

Só que agora o foco é a saga da criação de um personagem fictício, pelas mãos dos jovens Jerry Siegel e Joe Shuster, na década de 1930, e como uma perda familiar pode ter detonado o processo. Adicionando ainda assassinos impiedosos e agentes federais em colisão, o resultado é uma leitura movimentada, de tirar o fôlego.

Meltzer domina a estrutura das obras literárias de suspense e mistério, com as reviravoltas na trama surgindo no momento certo em que o leitor julgava ter desvendado tudo. Mais importante ainda: sabe elaborar personagens cativantes e lida bem com emoções humanas básicas.

O romance explora bem o relacionamento entre pais e filhos marcados por circunstâncias fora de seu controle, e aí não faz diferença tratar-se de vigilantes fantasiados ou de um motorista que ajuda moradores sem-teto pelas ruas.

Ainda assim, O livro das mentiras é puro entretenimento, com capítulos curtos e diretos, envolventes e precisos.

Curiosamente, a obra motivou o lançamento de uma trilha sonora de apoio veiculada na internet, incluindo a música inédita The Book of Lies. São as novas tendências editoriais marcando presença no meio, ajudando na imersão e garantindo uma experiência única.

Meltzer não escreve para iniciados apenas, mas é óbvio que os interessados na história do Superman têm mais a ganhar com a leitura. Os fatos têm versões contraditórias disponíveis por meio de entrevistas, biografias e livros de referência, e aqui o escritor extrapola a documentação formal na melhor tradição de literatura escapista.

Se o último filho de Krypton marcou gerações de fãs ao longo das décadas em diferentes mídias, vale um olhar diferenciado sobre a história íntima de sua criação, tão poderosa quanto os confrontos para salvar a Terra de Lex Luthor ou Brainiac. E, para apresentar esta trama ao mundo, Brad Meltzer é o nome ideal.

Classificação

4,0

• Outros artigos escritos por

Assuntos Relacionados

.