O Senhor dos espinhos # 6

Por Rodrigo A. Machado
Data: 7 fevereiro, 2014

O Senhor dos espinhos # 6Editora: JBC – Revista mensal

Autor: Yuji Iwahara (roteiro e arte).

Preço: R$ 12,90

Número de páginas: 208

Data de lançamento: Novembro de 2013

Sinopse

No laboratório central do castelo, Zeus montou seu exército com o poder da medusa, capturando Marco, Tim e Ron.

Kasumi foge dos soldados e procura por Marco. Seria ela a última esperança de livrar o grupo das mãos de Zeus?

Positivo/Negativo

Qualquer meio no qual possa ser criado um universo, seja ele um filme, uma série, uma novela ou um livro, para o autor ser bem-sucedido, precisa transportar o leitor (ou o telespectador) para esse ambiente, prendendo a sua atenção e o fazendo se identificar com aquilo. Seja odiando ou adorando um personagem, ou apenas por identificar na trama elementos que o atraiam.

Nos quadrinhos também é assim, e Yuji Iwahara faz isso em seu roteiro de ficção, adicionando um pouco de suspense e aventura.

A cada volume, o leitor esperava pelo próximo, para descobrir o fim da história neste número. Seis edições sem enrolação. Seis edições suficientes para esse roteiro ter um começo, meio e fim.

E a revista já começa com muitas coisas a serem resolvidas. A medusa, afinal, terá a sua cura, tão esperada pelos personagens infectados desde o primeiro número? A pretensão de Zeus dominar tudo será concretizada? Kasumi terá alguma informação a mais sobre sua irmã Shizuku? O que realmente acontece entre ela e Marco? E quanto a Alice, a primeira matriz?

O autor carregou o roteiro assim, instigando o leitor, e termina mostrando que esse é mesmo o seu ponto forte. Seus desenhos têm altos e baixos, com quadros ótimos e outros em que é um pouco difícil compreender algumas situações.

Mas, como se sabe, um bom roteiro sempre sustenta um título; mas uma arte excelente não sustenta um argumento ruim.

A edição JBC faz jus ao valor de R$ 12,90. Com as quatro primeiras páginas coloridas, belas capas e ótima impressão. Os pontos de destaque foram a adaptação do nome para o português e uma síntese da trama na quarta-capa, para quem não conhece a série saber um pouco sobre a história e, de repente, despertar o interesse para um novo leitor.

Dentre os mangás de 2013, O Senhor dos espinhos foi a grande surpresa. Que a editora traga mais títulos não tão conhecidos, mas surpreendentes. Para quem gosta de ficção e suspense, sem dúvida, é uma excelente leitura.

Classificação

4,0

• Outros artigos escritos por

.

.

.