Old Boy # 2

Por Rodrigo A. Machado
Data: 1 novembro, 2013

Old Boy # 2Editora: Nova Sampa – Revista mensal

Autores: Garon Tsuchiya (roteiro) e Nobuaki Minegishi (arte).

Preço: R$ 10,90

Número de páginas: 208

Data de lançamento: Julho de 2013

Sinopse

Após dez anos preso em cárcere privado sem motivo aparente, Gotou foi solto. Agora, ele quer descobrir quem fez isso com ele e o motivo de tal atrocidade. Mais: por que o mantiveram vivo?

Para isso, a única pista que possui é um pedaço de papel com o nome do provável restaurante que entregava as suas refeições nos últimos dez anos.

Positivo/Negativo

Mesmo após dez anos preso em um pequeno quarto sem janela, Gotou conseguiu manter sua mente sã e seu corpo em boa forma. Isso porque se exercitou e usava uma pequena TV para manter sua mente ligada ao mundo exterior.

Livre desse pesadelo, com a única pista que possui – o nome do restaurante de onde vinha sua alimentação tinha o nome seiryu (dragão azul) -, Gotou consegue descobrir o prédio onde ficou preso por dez anos.

A trama de Old Boy é ótima, pois, além do suspense, Garon trabalha o roteiro de forma investigativa. Mas não uma averiguação comum com policiais envolvidos, mas sim por meio do próprio personagem principal, que quer descobrir o motivo de ter perdido os últimos dez anos de sua vida.

Além disso, tem muito mais coisa envolvida na trama. Afinal, como era Gotou há dez anos? Possuía família e amigos? Como as coisas ficaram em sua ausência? E seu psicológico depois da solidão e tanto tempo trancafiado dentro de um quarto?

Enfim, Garon conduz um roteiro com poucas palavras, algo que só é possível devido à excelente arte de Bobuaki.

A edição brasileira tem uma boa impressão, apesar de o papel ser bem fino. O ponto fraco é a editora não utilizar alguma síntese sobre a história na capa, na qual poderia ligar o mangá ao famoso filme coreano. Ou mesmo à versão norte-americana, que está para sair nos próximos meses. E ainda havia espaço para extras, pois há várias páginas ocupadas por propagandas.

Ainda assim, é um dos melhores quadrinhos japoneses em publicação no Brasil.

Classificação

4,0

• Outros artigos escritos por

.

.

.