One Shooter

Por Marcelo Naranjo
Data: 13 março, 2015

One ShooterEditora: independente – Edição especial

Autor: Danilo Beyruth (texto e arte).

Preço: R$ 15,00

Número de páginas: 24

Data de lançamento: Dezembro de 2014

Sinopse

Coletânea de oito histórias curtas de Danilo Beyruth.

Positivo/Negativo

Como consta no prefácio, Danilo Beyruth aproveitou várias ideias soltas, que surgem do nada (“daquele tipo idiota que geralmente morre na mesa de um bar, e nunca é produzida”) e fez esta edição independente com oito HQs.

O leitor encontra dois samurais lutando, um recém-contratado supervisor de marketing vindo diretamente do Inferno (e mote de três histórias), uma caçada imprevisível a animais, o sofisticado sistema de ataque terrestre, Wolverine versus Wolverine e o Capitão Zap tomando posse de um planeta.

Como são tramas curtas, de duas a quatro páginas, contar muito estragaria a surpresa que envolve cada uma delas.

O traço dinâmico do autor passa por diversos cenários e protagonistas, brincando desde os tradicionais arquétipos de super-heróis até detalhados cenários bélicos.

E é justamente no arquétipo de um anti-herói (ou super-herói?) que surge a melhor HQ da coletânea, quando o Wolverine “atual” é confrontado por sua versão original – o contraste faz o leitor pensar se foi mesmo uma evolução o que ocorreu com o personagem com o passar do tempo.

Para o leitor que conhece o Necronauta, a coletânea é uma nova visita ao universo que Danilo gosta de dissecar em seus quadrinhos. Para quem só o conhece do Astronauta do selo Graphic MSP, é uma oportunidade para ver como o autor transita sem dificuldade por HQs de motes diferentes.

No bom sentido, tomara que Beyruth continue frequentando os bares da vida – sem arrumar confusão com a esposa – e brindando os leitores com novas e despretensiosas coletâneas, como esta.

Classificação

3,5

• Outros artigos escritos por

.