OS PODEROSOS VINGADORES # 5

Por Zé Oliboni
Data: 1 dezembro, 2004


Autores: Os Poderosos Vingadores – Kurt Busiek (roteiro) e Yanick Paquette (desenhos);

Homem de Ferro – Mike Grellndis (argumento) e Michael Ryan (desenhos);

Namor – Andy Watson (roteiro) e Salvador Larroca (desenhos);

Thor – Dan Jurgens (roteiro) e Tom Raney (desenhos).

Preço: R$ 6,50

Número de páginas: 96

Data de lançamento: Junho de 2004

Sinopse: Os Poderosos Vingadores – Os heróis terão de enfrentar os incansáveis contadores da Fundação Maria Stark.

Homem de Ferro – É a hora do acerto de contas entre Tony Stark e seu amigo de infância Ty Stone.

Namor – O romance de Sandy com o Príncipe Submarino será ameaçado pela ganância dos homens da superfície.

Thor – A grande conclusão do arco Nascido nas Chamas.

Positivo/Negativo: É sempre bom saber que Kurt Busiek pode fazer uma boa história que não esteja atrelada a uma saga interminável, como foi a anterior com a invasão de Kang.

Esta é mais uma daquelas edições feitas para responder às infindáveis perguntas que atormentam os leitores que exigem o máximo de realidade nas HQs, mas nem por isso se tornou um roteiro sem graça. Ver os Vingadores lidarem com os contadores da Fundação Maria Stark, que patrocina suas aventuras, é algo, no mínimo, divertido. Vale a pena conferir como cada personagem lida com a situação.

O Homem de Ferro está naquela fase da história que precede o fim. O roteiro tenta andar um pouco, mas tem que guardar munição para o final. Pelo menos, dá para se divertir com a nova inteligência artificial na base de Tony Stark, a hilária Sexta-Feira. Não deixe de prestar atenção no desenho da página 33, que mostra a sala do trono de Ty Stone.

E quem não gosta de um romance baseado nas peças de Shakespeare? Uma história comum, porém bem trabalhada é o que tem levado esse agradável arco de Namor. Não se pode deixar de notar o trabalho de Salvador Larroca, que, apesar de às vezes fazer umas expressões faciais estranhas, está dando um show desenhando os cenários de Atlântida. Ver o reino submarino tão bem retratado faz qualquer um “viajar” nesta revista.

A última história de Nascido nas Chamas faz um apanhado geral de tudo que aconteceu com o filho de Odin desde de que ficou órfão e assumiu o trono em Asgard. Ela começa a dar uma idéia do destino do herói e da misteriosa Tarene, a Designada. Além disso, Tom Raney pode mostrar uma arte bem consistente e agradável, numa HQ montada apenas com painéis.

Classificação:

4,0

• Outros artigos escritos por

.

.

.